Comércio online cresceu, mas fraudes diminuíram em 2020

1 min de leitura
Imagem de: Comércio online cresceu, mas fraudes diminuíram em 2020
Imagem: Pexels
Avatar do autor

As fraudes em compras pela internet caíram de 2,52%, em 2019, para 2,07%, em 2020, mesmo com o aumento de transações no setor de e-commerce. As informações são do relatório Raio-X da fraude, realizado pela empresa Konduto, especializada em monitoramento de golpes online. Segundo o levantamento, o Brasil teve uma queda de 17% no número de fraudes.

Só em 2020, foram analisados pela companhia mais de 244 milhões de pedidos para verificar a possibilidade de fraude, com isso processando 35 bilhões de reais em operações, em torno de 20% a 25% do total de transações no país. Logo, o trabalho evitou um prejuízo de 1,3 bilhão de reais no setor.

Aumento de compras online

Com a chegada da pandemia e, consequentemente, do isolamento social, muitas pessoas passaram a comprar online. Segundo pesquisa da Ebit/Nielsen, realizada em parceria com a Elo, só no 1º semestre de 2020, as vendas online cresceram 47% em relação ao mesmo período de 2019. Para o CEO da Konduto, Tom Canabarro, o número de fraudes ter caído mesmo com o aumento de vendas online "é um grande sinal de que as tecnologias antifraude estão mais eficientes e que comprar online está ficando cada vez mais seguro no Brasil".

O Raio-X também apontou mudança nos hábitos de consumo dos compradores. O número de vendas por links de pagamento aumentou durante o ano, sinalizando que lojistas migraram para formas de atendimento em plataformas como o WhatsApp. Em contrapartida, o relatório mostrou que muitos dos fraudadores tentaram aplicar golpes em compras online por meio de dispositivos móveis. As tentativas via mobile cresceram de 47%, em 2019, para 62%, em 2020.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.

Fontes

Comércio online cresceu, mas fraudes diminuíram em 2020