Maioria dos funcionários da Apple trabalhará de casa até junho

1 min de leitura
Imagem de: Maioria dos funcionários da Apple trabalhará de casa até junho
Imagem: Wikimedia Commons
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

O CEO da Apple, Tim Cook, detalhou em uma reunião virtual com os funcionários nesta quinta-feira (10) como será o regime de trabalho da companhia em 2021. Segundo a Bloomberg, a grande maioria das equipes deve permanecer trabalhando de casa até junho de 2021.

De acordo com o executivo, o bom desempenho demonstrado pela companhia em ano de pandemia e lockdown até pode levar alguns times a terem mais flexibilidade para trabalhar de casa com mais frequência no futuro. Porém, a preferência do CEO é que o campus da Apple volte a ficar ocupado com o fim da pandemia da covid-19.

"Não é substituto para a colaboração cara a cara, mas nós também aprendemos muito sobre como fazer o nosso trabalho fora do escritório sem sacrificar produtividade ou resultados. Todos esses ensinamentos são importantes. Quando nós estivermos do outro lado da pandemia, vamos preservar tudo o que é incrível sobre a Apple enquanto incorporamos o melhor de nossas transformações neste ano", disse Cook. Ele ainda confirmou que equipes de várias regiões vão receber um pagamento adicional de fim de ano a partir do dia 4 de janeiro.

Seguindo a tendência

Anteriormente, as empresas Microsoft, Facebook e Twitter já haviam anunciado a adoção do home office como opção permanente para alguns colaboradores.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Maioria dos funcionários da Apple trabalhará de casa até junho