As previsões tecnológicas mais 'furadas' no The New York Times

2 min de leitura
Imagem de: As previsões tecnológicas mais 'furadas' no The New York Times
Imagem: Freepik/Divulgação
Avatar do autor

Com 169 anos de história, o The New York Times é um dos jornais mais importantes e respeitados do mundo. E no meio de tantas edições e reportagens, algumas previsões feitas no jornal se provaram furadas ao longo dos anos. Vamos conhecer 5 delas?

1. Apple não irá fazer um celular

Em 2006, o The New York Times publicou uma matéria dizendo que a Apple provavelmente nunca iria lançar um celular. Apenas um ano depois da publicação, a previsão do jornal se mostrou errada, e a Apple lançou o seu primeiro iPhone, se tornando um dos celulares mais desejados e vendidos do mundo. 

tim cookTim Cook, atual CEO da Apple, sobe ao palco para anunciar novos iPhones todos os anos desde 2007Fonte: computerworld

Saiba mais: iPhone 12 tem data de lançamento “confirmada”

2. A televisão não irá durar

No ano de 1939, o jornal afirmou: “o problema da televisão é que as pessoas precisam sentar e ficar com os olhos grudados na tela, a típica família americana não tem tempo para isso”. O jornalista não poderia estar mais errado em sua previsão. Presente em praticamente todas as casas, a televisão é fonte de entretenimento e notícias para muitas famílias. 

bored panda(Reprodução/BoredPanda)

3. O notebook não irá se popularizar

Quando os primeiros notebooks começaram a aparecer, muitos não acreditavam que o aparelho iria se tornar popular.  

Em 1985, uma matéria do The New York Times afirmava que as pessoas não iriam querer carregar seu computador para outros lugares e que o verdadeiro futuro dos notebooks ia estar restritos para mercados específicos. Não precisamos falar que esta previsão se provou completamente errada, certo?

Hoje em dia, o notebook é uma das principais ferramentas de trabalhoHoje em dia, o notebook é uma das principais ferramentas de trabalhoFonte:  Freepik/Divulgação 

4. O Twitter não irá ser um negócio

Hoje com mais de 500 milhões de usuários, é fácil afirmar que o Twitter é um negócio rentável. Porém, em 2007, o jornal previu que a realidade ia ser bem diferente para a rede social. Para a nossa alegria, a previsão não se concretizou. 

twitterVisual da rede social nos seus primórdios (Reprodução)

5. O foguete não irá sair da Terra

A ideia de um foguete deixar a atmosfera da Terra era algo surpreende nos anos 30. Não é à toa que em 1936 um dos jornais mais antigos do mundo foi enfático: isso nunca vai acontecer. 

Apenas 33 anos depois alguns foguetes já tinham deixado a atmosfera, assim como o homem pisava na lua pela primeira vez. Atualmente, já temos até empresas privadas, como a SpaceX, trabalhando para disponibilizar o turismo espacial.

A SpaceX está investindo em turismo espacial para os próximos anosA SpaceX está investindo em turismo espacial para os próximos anosFonte:  SpaceX/Reprodução 

As previsões tecnológicas mais 'furadas' no The New York Times