Leilão do 5G no Brasil será em abril ou maio de 2021, diz ministro

1 min de leitura
Imagem de: Leilão do 5G no Brasil será em abril ou maio de 2021, diz ministro
Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Avatar do autor

O ministro da Comunicações, Fábio Faria, confirmou em entrevista à Rádio Bandeirantes nesta quinta-feira (10) a realização do leilão de frequências para a implementação do 5G no Brasil.

O processo acontecerá "com certeza" entre abril e maio de 2021, de acordo com a previsão do próprio ministério. Atualmente, a equipe desenvolve um trabalho técnico que indica "quem pode trazer mais benefícios ao Brasil na tecnologia 5G".

Faria também já confirmou que a decisão final a respeito da tecnologia será unicamente do presidente da República, Jair Bolsonaro. Mesmo sem citar diretamente a Huawei, a escolha diz respeito principalmente à presença ou escolha da fabricante chinesa. O país é um dos grandes parceiros comerciais do Brasil e promete um serviço mais barato, mas questões ideológicas decorrentes da guerra comercial com os Estados Unidos ameaçam a participação da companhia, que é uma das líderes mundiais no setor de telecomunicações.

Mais problemas

Além disso, leis municipais de instalação de antenas e negociações tributárias também são obstáculos para a implementação. O Brasil por enquanto tem apenas uma variante de 5G que utiliza frequências antigas e está disponível somente em algumas regiões de certas cidades do país. Países como Reino Unido e Portugal já baniram a chinesa das disputas por espaço no setor.

A entrevista pode ser conferida na íntegra acima. Além do 5G, o ministro falou também da venda da Oi, que aceitou uma das propostas vinculantes realizadas.

Leilão do 5G no Brasil será em abril ou maio de 2021, diz ministro