Tim Cook fatura US$ 131 milhões em venda de ações da Apple

1 min de leitura
Imagem de: Tim Cook fatura US$ 131 milhões em venda de ações da Apple
Imagem: VisualHunt
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

O CEO da Apple Tim Cook vendeu 294 mil ações e faturou cerca de US$ 131,7 milhões no fim da tarde da última terça-feira (25). O executivo havia recebido um número próximo de 560 mil títulos, como indica um documento da Comissão de Títulos e Câmbios dos Estados Unidos (SEC) e, enquanto aumentava sua fortuna, doou o equivalente a US$ 5 milhões em ações da maçã para instituições de caridade.

Segundo o documento da SEC, Tim Cook vendeu 265 mil títulos da Apple com valores variando entre US$ 493,50 e US$ 500,11. A negociação rendeu valores milionários ao CEO, agora mais rico e o restante dos papeis — equivalentes a US$ 148 milhões — serão destinados ao pagamento de tributos da companhia.

a  MacRumors/Reprodução 

A negociação de Tim Cook não surpreende. Assim como qualquer venda de ações de executivos da companhia, o CEO manteve posse sobre 250 mil títulos para evitar acusações de “insider trading” — fenômeno onde o principal detentor de títulos de uma companhia aproveita informações internas para as negociações. Sendo assim, o executivo respeita as normas da Regra 10b5-1, determinada pela SEC.

Este ano, o patrimônio líquido de Cook ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão, de acordo com estimativas calculadas pelo índice de bilionários da Bloomberg. A Apple já alcançou o valor de mercado de US$ 2 trilhões e o CEO tem controle sobre o total títulos que chega a US$ 418 milhões.

A venda das ações foi devidamente documentada pela Comissão de Títulos e Câmbios dos Estados Unidos e o documento é aberto para consultas públicas.

Tim Cook fatura US$ 131 milhões em venda de ações da Apple