Apple adquire startup de realidade virtual Spaces

1 min de leitura
Imagem de: Apple adquire startup de realidade virtual Spaces
Imagem: Spaces
Avatar do autor

Apple comprou a startup de realidade virtual Spaces, que desenvolve soluções em VR e tem como principal destaque uma tecnologia para criar avatares para conferências em vídeo. O valor da aquisição não foi revelado.

A compra foi descoberta pelo site Protocol e confirmada pela Apple. A empresa disse que adquire pequenas companhias de tecnologia de tempos em tempos e não tem nada para comentar sobre o assunto.

A Spaces já foi parte do estúdio de animação DreamWorksA Spaces já foi parte do estúdio de animação DreamWorksFonte:  Spaces 

A Spaces era uma divisão do estúdio DreamWorks Animations e se tornou independente em 2016. Desde então, a companhia tinha como principal foco de negócio a criação de experiências em realidade virtual em locais físicos, mas isso mudou recentemente.

Mudança de rumo

Por causa da dependência de aparelhos compartilhados e um local físico, a Spaces foi altamente afetada pela pandemia. Nos últimos meses, a startup realizou demissões, fez um empréstimo para conseguir manter suas atividades e mudou de rumo para sobreviver.

Recentemente, a empresa anunciou que estava encerrando sua atividade principal de experiências em realidade virtual para focar em um novo modelo de negócio: soluções para videoconferências. Atualmente, a firma trabalha em tecnologias que permitem ao usuário utilizar avatares digitais em apps como Zoom, Google Meet e Skype.

O app da Spaces permite criar avatares e ambientes virtuais para videoconferênciasO app da Spaces permite criar avatares e ambientes virtuais para videoconferênciasFonte:  Spaces 

"A covid-19 foi como um tsunami pra nós", disse o CEO Shioraz Akmal ao Protocol. "Não podíamos ficar sentados e esperar alguma coisa acontecer". A empresa não revelou detalhes sobre o retorno trazido pelo novo modelo de negócio, mas o uso de avatares pode ter chamado a atenção da Apple.

A gigante de Cupertino está investindo cada vez mais em realidade aumentada em seus dispositivos e estaria desenvolvendo um dispositivo focado na tecnologia. Além disso, a firma possui soluções como os emojis animados, que combinam com o trabalho desenvolvido pela Spaces.

Até o momento, porém, a dona dos iPhones não revelou quais são os planos para a startup recém-adquirida.

Apple adquire startup de realidade virtual Spaces