Twitter é o mais novo interessado em adquirir o TikTok

1 min de leitura
Imagem de: Twitter é o mais novo interessado em adquirir o TikTok
Imagem: Freepik
Avatar do autor

O TikTok está marcado para ser banido nos Estados Unidos na metade de setembro de 2020 e, além da Microsoft, há outro possível interessado em adquirir as operações da rede social chinesa. É o Twitter, rede social que já foi dona de uma plataforma parecida há alguns anos.

Segundo o jornal The Wall Street Journal, ao menos uma reunião já foi realizada entre as partes. Entretanto, não há detalhes sobre como seria a compra, já que o termo usado é "combinação" e envolveria apenas as operações norte-americanas do TikTok — justamente a parte ameaçada pela proibição. O resto, portanto, permaneceria com a desenvolvedora ByteDace.

Vale lembrar que o Twitter já foi o dono de um serviço muito parecido com o TikTok: o Vine, que tinha vídeos ainda mais curtos e foi encerrado em definitivo em 2017. O público órfão da plataforma, inclusive, ajudou a formar parte da primeira base mundial de usuários do próprio TikTok, lançado no mesmo ano.

Não é tão fácil

Um dos possíveis problemas nessas conversas é a questão de caixa: o Twitter talvez não tenha a verba para realizar a compra no prazo curto dado pelo presidente Donald Trump antes do banimento, enquanto a Microsoft está bastante tranquila nesse quesito.

Por outro lado, uma fusão seria vista com menos preocupações do que a aquisição da rival, já que a dona do Windows provavelmente sofreria com regulações por práticas anticompetitivas de mercado.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
Twitter é o mais novo interessado em adquirir o TikTok