Mercado de tablets registra ótimo desempenho durante pandemia

1 min de leitura
Imagem de: Mercado de tablets registra ótimo desempenho durante pandemia
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

O mercado mundial de tablets apresentou um crescimento considerável durante o segundo trimestre de 2020. Os dados são de um relatório preliminar da IDC.

Ao todo, foram enviadas para comercialização neste período 38,6 milhões de unidades de tablets — um aumento de 18,6% em relação ao desempenho do mesmo período no ano passado.

De acordo com o documento, a principal explicação para a disparada nas vendas é a continuidade das medidas de isolamento social (ou até mesmo lockdown em algumas localidades) por causa da pandemia do novo coronavírus. O motivo seria a busca de lazer ou de um dispositivo mais portátil para trabalho remoto e aulas online. No começo do ano, o crescimento do setor já era detectado na China, país onde a pandemia começou.

As marcas

O ranking de líderes do segmento permanece o mesmo. A Apple é a líder soberana (32,2%) e foi beneficiada pelo lançamento de um iPad mais acessível de 10,2", além do modelo Pro que passou a aceitar um mouse. Entretanto, ela foi a que menos cresceu no período, com as vendas aumentando apenas 1,3% neste trimestre.

Em seguida, estão Samsung (18,1%), Huawei (12,4%), Amazon (9,3%) e Lenovo (7,3%).

O desempenho das cinco principais fabricantes de tablets do mercado.O desempenho das cinco principais fabricantes de tablets do mercado.Fonte:  IDC 

A Amazon foi a mais beneficiada pela pandemia, crescendo 52% neste ano e voltando ao quarto lugar. Já a Lenovo teve ótimos resultados globais, mas ainda perde na própria terra natal por causa da competição com a também chinesa Huawei. A Samsung pode se distanciar ainda mais em breve, já que está prestes a revelar mais dois modelos de tablet: os Galaxy Tab S7 e S7+.

Mercado de tablets registra ótimo desempenho durante pandemia