Apple mentiu sobre “tratar todo mundo igual na App Store”

1 min de leitura
Imagem de: Apple mentiu sobre “tratar todo mundo igual na App Store”
Imagem: https://pixabay.com/pt/photos/xadrez-pe%C3%A7as-de-xadrez-2730034/
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Há anos, a Apple vem sendo acusada de praticar monopólio e truste em sua App Store. O caso evoluiu para um processo, e, ontem (29), em mais uma das audiências judiciais, a promotoria divulgou documentos que demonstram que o CEO da Maçã, Tim Cook, mentiu ao afirmar que todos os desenvolvedores são tratados da mesma forma na App Store.

Amazon Prime Video com taxa diferenciada

Entre os documentos apresentados, que tentam comprovar irregularidades na App Store, estava um email enviado pelo executivo da Apple, Eddy Cue, ao CEO da Amazon, Jeff Bezos, no final de 2016. A mensagem falava de um encontro entre os dois, ocorrido anteriormente, e de detalhes sobre o contrato para a publicação do aplicativo do Prime Video na loja da Apple.

Fonte: 9To5Mac/ReproduçãoFonte: 9To5Mac/ReproduçãoFonte:  9To5Mac 

Na mensagem, de forma clara e explícita, Cue confirmava o valor das taxas que a Amazon pagaria à Apple pelo acordo: 15% da receita das assinaturas feitas por meio do app e 15% de participação nos canais Amazon de terceiros vendidos por meio do app (quando o assinante original usasse o serviço de pagamento interno da Apple) seriam repassados à Maçã.

O problema é que o acordo padrão da App Store cobra 30% das assinaturas durante o primeiro ano, e 15% após esse período. No entanto, a mensagem trocada entre Cue e Bezos deixou bem claro que a Amazon ficaria com 85% da receita desde o início do contrato.

O acordo entre as duas empresas, aliás, parece ir além. No início deste ano, a Amazon começou a vender programas de TV e filmes por meio de seus aplicativos para iOS e tvOS, mas as vendas não eram obrigadas a ser processadas pelo serviço de pagamentos internos da Apple, caso o usuário já tivesse um cartão de crédito associado à conta da Amazon.

Outro documento apresentando mostrou que a Apple favoreceu a Microsoft durante a portabilidade do Office para a loja do macOS.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
Apple mentiu sobre “tratar todo mundo igual na App Store”