Em meio à pandemia, grandes marcas confirmam presença na IFA 2020

2 min de leitura
Imagem de: Em meio à pandemia, grandes marcas confirmam presença na IFA 2020
Imagem: IFA/Divulgação
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Sem público presente, e apenas para jornalistas credenciados e indústria: essa é a versão 2020 da Internationale Funkausstellung (ou IFA) que, mesmo menor e restrita, é ansiosamente aguardada depois de outras feiras de tecnologia, como a Computex e a MWC, terem sido canceladas por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus.

Como o governo alemão proibiu grandes eventos até fins de outubro, a organização apostou em um formato mais virtual e pouco presencial. A estratégia funcionou: as grandes do segmento já começam a confirmar presença (ou ausência – sim, estamos falando da Apple).

Quem já aderiu (ou quase)

Samsung

A Samsung parece que vai sem ir: ela anunciou sua desistência em participar, mas vai promover um evento online na véspera da abertura da feira.

Life Unstoppable (ou “Vida Irrefreável”) será, segundo a empresa, “uma jornada virtual e dinâmica de 45 minutos da mais nova tecnologia pioneira da Samsung”.

A gigante sul-coreana promete uma A gigante sul-coreana promete uma "experiência virtual imersiva" no dia 2 de setembro.Fonte:  Samsung/Divulgação 

O destaque do evento, transmitido às 10h de Berlim (5h da manhã, horário de Brasília) do dia 2 de setembro, deve ser o ecossistema integrado da Samsung, interligando eletrodomésticos e eletrônicos dentro do conceito de casa inteligente.

LG

A organização da IFA 2020 anunciou a adesão da LG no último dia 22.

Pelo que parece, a também gigante e igualmente sul-coreana vai apresentar inovações dentro do conceito de casa inteligente (o CTO da companhia, Park Il-pyung, fará uma apresentação sobre “a importância crescente da casa devido ao aumento do trabalho remoro e a educação online").

TCL

A empresa deve levar, para sua segunda participação na IFA, lançamentos como de 2019, quando estreou em Berlim com duas TVs 8k e seu DragonHinge, um smartphone conceito dobrável. Deve ser um dos grandes destaques da feira.

Huawei

A Europa é o principal mercado externo para os produtos da Huawei, e ela não deve decepcionar, principalmente porque, impedida de usar qualquer coisa made in USA, tem dado ênfase à inovação para manter principalmente sua fatia no mercado de smartphones. É uma das participações mais esperadas.

Realme

A empresa chinesa participa pela primeira vez da feira berlinense, e deve fazer bonito: pelo Twitter, o CEO da Redmi Índia avisou que a empresa fará “um grande anúncio” durante a IFA 2020. A aposta é por um smartphone – e o melhor palpite é a chegada ao mercado do tão aguardado Realme X3 Pro, irmão mais novo do X3 e do X3 SuperZoom.

Espaço virtual

A IFA 2020 Special Edition 2020 (3 a 5 de setembro) vai contar com um canal virtual, o IFA Xtended Space, que transmitirá ao vivo apresentações e demonstrações digitais dos produtos lançados.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
Em meio à pandemia, grandes marcas confirmam presença na IFA 2020