Primeiros benchmarks do Mac rodando em ARM superam Surface Pro X

2 min de leitura
Imagem de: Primeiros benchmarks do Mac rodando em ARM superam Surface Pro X
Imagem: Apple Insider
Avatar do autor

Apple revelou na WWDC 2020 que está fazendo seus próprios chips baseados em ARM, e os primeiros testes da tecnologia mostram que a empresa deve chegar com tudo ao ramo de semicondutores para PCs. A companhia começou a distribuir o kit de transição para o Apple Sillicon, que pode ser visto na imagem acima, e alguns benchmarks vazados mostram que a nova arquitetura já supera a do Surface Pro X, computador da Microsoft feito em parceria com a Qualcomm.

As cláusulas de confidencialidade da Apple proíbem a divulgação de informações sobre o kit de transição de maneira antecipada. Porém, alguns testes mostrando o macOS rodando na arquitetura ARM da empresa de Cupertino já apareceram no GeekBench, sem revelar a identidade dos desenvolvedores.

O Kit de desenvolvimento da Apple roda o Geekbench via emulação, por meio do software RosettaO Kit de desenvolvimento da Apple roda o Geekbench via emulação, por meio do software RosettaFonte:  MacRumors 

De acordo com as listagens, o hardware consegue alcançar uma pontuação média de 833 nos testes de apenas um núcleo, enquanto a pontuação média nas avaliações multi núcleo fica na casa dos 2.871. O kit de desenvolvimento da Apple utiliza o chip A12Z, processador ARM do iPad Pro que usa a mesma arquitetura do A12, lançado há dois anos.

Batendo o Surface Pro X

Enquanto os testes mostram que o kit de transição da Apple ainda não surpreende na força bruta, o chip ARM rodando Mac já conseguiu superar o Surface Pro X, que possui o processador Microsoft SQ1, produzido pela Qualcomm.

De acordo com os dados presentes no GeekBench e compartilhados pelo MacRumors, o Surface Pro X baseado em ARM alcança uma pontuação média de 726 em single-core, enquanto a avaliação de múltiplos núcleos fica em 2.831. Ou seja, o A12Z da Apple já consegue superar o processador da Qualcomm em um dos testes e alcançar o concorrente no multicore.

Diferente do kit da Apple, o Surface Pro X consegue rodar o Geekbench nativamenteDiferente do kit da Apple, o Surface Pro X consegue rodar o Geekbench nativamenteFonte:  Geekbench 

O que torna o cenário mais complicado para a Qualcomm e a Microsoft é o estado atual da plataforma ARM da Apple. O Geekbench já roda nativamente no Surface Pro X, mas só funciona no chip da Apple para computadores via emulação, o que rende perdas de desempenho.

De acordo com estimativas de desenvolvedores, o processo de emulação pode ter tirado de 25% a 40% de desempenho do processador ARM da Apple. Além disso, o kit da Maçã apareceu funcionando no Geekbench com apenas quatro núcleos, apesar de o A12Z ser um chip octa-core.

Segundo a Apple, o primeiro computador com Apple Silicon será lançado ainda este ano e já deve trazer potência suficiente para brigar com processadores Intel. Dentro de dois anos, a Apple pretende realizar uma transição completa para a nova arquitetura, que promete trazer grande integração entre Mac, iPads e iPhones.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Primeiros benchmarks do Mac rodando em ARM superam Surface Pro X