WhatsApp responde processo por enviar dados para o Facebook

1 min de leitura
Imagem de: WhatsApp responde processo por enviar dados para o Facebook
Imagem: Business Insider
Avatar do autor

A Comissão de Proteção de Dados da Irlanda abriu um inquérito contra o WhatsApp por compartilhar dados com o Facebook. Agora, na fase final do processo, o mensageiro irá apresentar suas alegações finais para que a comissão decida se a conduta realmente viola o Regulamento Geral sobre Proteção de Dados (GDPR).

Em 2016, o aplicativo alterou seus termos de uso e informou aos usuários que eles poderiam conectar seus números de telefone ao Facebook para ter “melhores sugestões de amizade e anúncios mais relevantes”.

Nesse sentido, o objetivo do inquérito é analisar se esse sistema de compartilhamento garante a transparência exigida pelo GDPR. Vale destacar que os dados compartilhados não envolvem o conteúdo de mensagens trocadas por usuários dentro do app.

a  Magazine Luiza 

Na versão preliminar do parecer que foi divulgada recentemente, a autoridade irlandesa ainda divulgou que o WhatsApp e o Facebook estão respondendo por outros processos separadamente. No documento, a comissão explica que a empresa original de Mark Zuckerberg foi indiciada por não possuir uma base legal para o processamento de dados dos usuários da rede social.

Assim como as duas redes, o Twitter também é alvo de um inquérito da Comissão de Proteção de Dados sobre um vazamento de dados registrado em novembro de 2018. O órgão analisou se a rede social agiu com rapidez para informar o acontecido e se as medidas necessárias foram adotadas após incidente, como determina o GDPR. O parecer, no entanto, não foi divulgado pelo órgão.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
WhatsApp responde processo por enviar dados para o Facebook