Apple é multada em 1,1 bilhão de euros na França por 'combinar preços'

1 min de leitura
Imagem de: Apple é multada em 1,1 bilhão de euros na França por 'combinar preços'
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Apple foi multada em 1,1 bilhão de euros (cerca de R$ 6,4 bilhões em conversão direta) pela Autorité de la Concurrence, a autoridade regulatória da França, sob a acusação de manter práticas anticompetitivas de mercado. Mais especificamente, a empresa foi condenada por fazer acordos exclusivos e "combinar preços" com fornecedores e marcas do atacado, o que prejudicou revendedores independentes.

Segundo a Bloomberg, a Apple e duas companhias parcerias (Tech Data e Ingram Micro) concordaram em não competir entre si e preveniram a rivalidade de outras revendedoras envolvendo produtos da marca. Os preços eram sempre iguais e os mais baixos possíveis, obrigando outras empresas a subirem o valor dos produtos e componentes, ficando sempre acima do que era praticado por quem já tinha um acordo, agora considerado ilegal, com a Maçã.

A Tech Data e a Ingram Micro também foram multadas, porém em valores menores: 76,1 milhões de euros e 62,9 milhões de euros, respectivamente. Um porta-voz da empresa afirmou ao site CNBC que "discorda fortemente" do veredito e planeja recorrer. Esse é mais um caso recente de multa promovida pela França contra grandes empresas de tecnologia: em 2019, a Google também foi condenada por esconder atividades tributárias.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
Apple é multada em 1,1 bilhão de euros na França por 'combinar preços'