Positivo saiu do prejuízo e lucrou R$ 20,8 milhões em 2019

1 min de leitura
Imagem de: Positivo saiu do prejuízo e lucrou R$ 20,8 milhões em 2019
Avatar do autor

A Positivo Tecnologia andou mal das pernas nos últimos tempos, registrando um prejuízo de R$ 500 mil em 2018. No entanto, segundo um relatório financeiro divulgado recentemente, a empresa conseguiu se recuperar em apenas doze meses, apresentando um lucro líquido de R$ 20,8 milhões já em 2019.

Segundo o relatório, isso se deu principalmente devido ao aumento da demanda por dispositivos de tecnologia e uma melhora expressiva nos indicativos de consumo no Brasil durante esse período. Somente no ano passado, a Positivo vendeu 1,6 milhão de celulares — um aumento de 41,2% em relação aos doze meses anteriores. As vendas de computadores, sobretudo notebooks até R$ 1.200, contabilizaram 740 mil unidades.

No último trimestre, sua participação de mercado nesse segmento foi de 89,1%. Com isso, a companhia se tornou a atual líder no setor de notebooks de entrada do país.

Resultado de imagem para Positivo notebok
(Fonte: InterNerdZ/Reprodução)

“O ano de 2019 foi marcado por grandes desafios e iniciativas que fortaleceram nossos negócios. Mesmo com adversidades, tivemos bons resultados graças também à competência e dedicação dos nossos profissionais.”, afirmou o CEO da Positivo, Hélio Rotenberg.

A Positivo, além disso, apostou alto em seus negócios complementares. Uma estratégia inteligente, visto que eles foram fortes colaboradores para que a companhia saísse do vermelho tão rápido.

A Accept, fabricante de servidores da empresa desde 2018, é um bom exemplo. A empresa, que possui escritório em São Paulo (SP), faturou sozinha R$ 221,3 milhões. Em relação ao ano anterior, o valor teve um crescimento de 36,5%. No campo de tecnologias educacionais, utilizadas em escolas de ensino da rede pública e privada, a receita foi de R$ 47,5 milhões.

Outro negócio complementar que impulsionou o faturamento da empresa foi o Positivo as a Service, voltada para a locação e manutenção de dispositivos e servidores na área corporativa: com um aumento de 93,6% em relação à 2018, o negócio registrou R$ 33,1 milhões. O serviço Positivo Casa Inteligente, lançado em junho de 2019, também gerou bons resultados para a empresa.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Positivo saiu do prejuízo e lucrou R$ 20,8 milhões em 2019