CoronaCoin, a criptomoeda que valoriza com mortes por coronavírus

2 min de leitura
Imagem de: CoronaCoin, a criptomoeda que valoriza com mortes por coronavírus
Avatar do autor

Um grupo de desenvolvedores criou uma criptomoeda muito polêmica. O CoronaCoin (NCOV) rastreia a propagação do vírus Covid-19 e aumenta de valor à medida que o número de infecções e mortes em decorrência da doença cresce.

O novo token, construído com base no blockchain Etherium, foi criado por uma equipe de programadores e ativistas no 4Chan — o controverso fórum online. O fornecimento original da CoronaCoin foi baseado na população humana total no momento do início do token, 7.604.953.650, mas a cada 48 horas o token é queimado para reduzir o fornecimento de acordo com o número oficial de infecções e fatalidades por coronavírus. Quanto mais pessoas sucumbem ao vírus, mais suprimentos são queimados e mais valiosos os tokens restantes se tornam.

"Desenvolvemos o primeiro blockchain do mundo que rastreia a propagação de um vírus com base em seu fornecimento de tokens. O fornecimento começou em 7,6  bilhões e é queimado a cada dois dias para acompanahr as estatísticas oficiais da Organização Mundial de Saúde" disse Sunny Kemp, um administrador do grupo de Telegram do CoronaCoin em entrevista à Decrypt. "O benefício de documentar a propagação do vírus no blockchain Ethereum é que ele é sem censura. As pessoas por trás do grande firewall podem visualizar as estatísticas reais de mortes verificando nosso contrato de token no Etherscan.io."

Apesar de basear a criptomoeda na pior crise de saúde que a humanidade enfrentou na última década, o grupo criador da CoronaCoin afirma que seu principal objetivo é espalahr a conscientização sobre o coronavírus e arrecadar fundos para lutar contra ele. Uma parte dos fundos será doada à Cruz Vermelha para combate ao Covid-19.

CoronaToken
Fonte: CoronaToken.org

"Uma parte dos recursos arrecadados será destinada à caridade. Este é o nosso objetivo, conscientizar e ajudar a combater o vírus. Por exemplo, estamos atualmente conversando com um bioquímico que está trabalhando para desenvolver medicamentos de combate ao vírus. Esses são os tipos de parcerias que queremos construir", declarou Kemp.

Propagação do vírus

Os proprietários do CoronaCoin têm uma visão diferente da de seus criadores. Como você provavelmente já deve ter imaginado, alguns já sugeriram aumentar artificialmente o número de infecções por coronavírus ou até incentivar a propagação real do vírus, apenas para aumentar o valor do token.

"Um cara no meu trabalho pegou gripe há alguns dias e agora está no hospital, porque se transformou em pneumonia e atingiu o coração de alguma forma. Se ele morrer, sugiro que o adicionemos à contagem de queimaduras", escreveu um usuário no canal oficial da moeda no Discord.

No entanto, os criadores do CoronaCoin não parecem muito preocupados com a possibilidade das pessoas tentarem aumentar artificialmente o valor da moeda.

"Já foi previsto antes e reconhecemos este aspecto do projeto. Nós nunca defenderíamos alguém fazer isso, obviamente. Seria moralmente e, provavelmente legalmente errado. Acreditamos que os detentores do CoronaToken são responsáveis", disse PeteWeathers, o administrador do canal no Discord,

CoronaCoin, a criptomoeda que valoriza com mortes por coronavírus via Mega Curioso

Comentários

Conteúdo disponível somente online
CoronaCoin, a criptomoeda que valoriza com mortes por coronavírus