Celulares: Samsung lidera, Apple e LG afundam na América Latina

1 min de leitura
Imagem de: Celulares: Samsung lidera, Apple e LG afundam na América Latina
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Samsung aumentou a sua participação no mercado de remessas de smartphones da América Latina ao longo do ano de 2019, consolidando-se na liderança nesta região, ficando à frente da Motorola e da Huawei, empresas que aparecem na sequência do ranking divulgado pela Counterpoint Research nesta sexta-feira (28).

Conforme a consultoria, a fabricante sul-coreana fechou o ano com 38% do mercado, mesmo tendo uma queda de rendimento no último trimestre de 2019, registrando uma pequena melhora geral em relação a 2018, quando tinha 36,6%.

O resultado da gigante asiática é bastante expressivo, já que mesmo somando as participações da segunda colocada com 15,5% e da terceira com 12,9%, ela se mantém com folga no primeiro lugar. Estas duas últimas também melhoraram o desempenho em relação a 2018, quando tinham 12,8% e 11,6%, respectivamente.

Dados referentes aos 12 meses. (Fonte: Counterpoint Research/Reprodução)

Segundo a Counterpoint Research, os bons números da marca chinesa nesta parte do continente se devem ao crescimento em países como México, Colômbia e Chile, nos quais as sanções impostas pelo governo norte-americano à fabricante parecem não ter tido maiores influências.

Apple em baixa na região

Enquanto a rival lidera com folga, a Apple aparece apenas na quinta posição, com 3,6% do mercado de remessas de celulares, desempenho inferior ao de 2018, quando ela estava com 4,3%. De acordo com a consultoria, o resultado só não foi pior por causa do iPhone 11, cujas vendas no último trimestre ajudaram a companhia americana.

Na região, a Maçã fica atrás da LG, quarta colocada, cuja participação foi de 4,4% em 2019, marca que também apresenta uma queda nos últimos meses e só não está pior graças às vendas registradas nos mercados brasileiro e argentino.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Celulares: Samsung lidera, Apple e LG afundam na América Latina