Ter uma fábrica da Tesla no Brasil é inviável, dizem analistas

1 min de leitura
Imagem de: Ter uma fábrica da Tesla no Brasil é inviável, dizem analistas
Avatar do autor

A Tesla é uma daquelas empresas que cativam fãs até em mercados onde não se consome seus produtos. Na última sexta-feira (21), muitos fãs brasileiros da montadora ficaram eufóricos quando o presidente Jair Bolsonaro demonstrou interesse em trazer uma fábrica da Tesla para o Brasil. Mas, segundo analistas, essa consideração seria algo bem inviável, tanto em relação ao mercado nacional quanto em relação ao momento da companhia.

Uma tarefa praticamente impossível

Basicamente, a Tesla é uma empresa que só comercializa carros 100% elétricos, e com foco no segmento de luxo. O modelo mais barato já começa com o valor de US$ 40 mil, sem personalizações. Não há país na América Latina com volume de vendas desse tipo de veículo suficiente para chamar a atenção da Tesla.

Para Paulo Cardamone, da consultoria Bright Consulting, querer trazer uma fábrica da Tesla para o Brasil “é um sonho de quem não entende do mercado de automóveis”.

Carregadores elétricos da Tesla. (Fonte: Pixabay)

Ao logo dos últimos anos, podemos perceber que as vendas de carros 100% elétricos no Brasil são extremamente baixas, mesmo que esses números tenham registrado crescimento. Veja quantas unidades foram vendidas de 2016 a 2019, segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea):

  • 2016 – 132 unidades
  • 2017 – 137 unidades
  • 2018 – 176 unidades
  • 2019 – 538 unidades

Embora as vendas tenham crescido substancialmente no ano passado, o número não impacta o mercado se considerarmos todas as vendas de carros no país, que foi de 2,26 milhões de unidades.

Além disso, a companhia não comercializa veículos híbridos, somente os 100% elétricos, o que diminui o interesse por parte do mercado nacional.

As projeções de Cardamone indicam que em 2030 nosso mercado alcançará apenas 100 mil carros elétricos e híbridos comercializados ao ano, o que ainda será um número baixo.

Preços incompatíveis com padrão nacional

A Elektra, revenda em São Paulo que importa carros da Tesla desde 2016, só vendeu 14 carros da montadora até hoje. Para comprar um dos carros da empresa aqui, é necessário desembolsar entre R$ 450 mil a R$ 1,2 milhão. De fato, os preços são incompatíveis com os padrões de renda nacionais.

Incentivos além de nossas possibilidades

Além do alto custo dos veículos, a Tesla só tem investido em fábricas na China e na Europa. É uma questão de receber incentivos que valham a pena o risco de se instalar em outro país. Na China, por exemplo, a companhia recebeu pelo menos US$ 1,4 bilhão em incentivos.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Ter uma fábrica da Tesla no Brasil é inviável, dizem analistas