Netflix irá demitir funcionários de sua divisão de marketing

1 min de leitura
Imagem de: Netflix irá demitir funcionários de sua divisão de marketing
Avatar do autor

Netflix deve demitir cerca de 15 funcionários de sua divisão de marketing de Los Angeles, na Califórnia, EUA. Segundo a Variety, a iniciativa seria reflexo da contratação de Jackie Lee-Joe como diretora do departamento, em julho de 2019, após sua saída da BBC Studios. Uma fonte revelou à revista que a executiva queria enxugar o número de membros do setor, por considerá-lo muito extenso para os padrões atuais da empresa norte-americana.

Entretanto, conforme o veículo, as estratégias de marketing da Netflix devem continuar basicamente as mesmas, ao concentrar-se na promoção de produções individuais, para atrair mais usuários ao serviço de streaming como um todo. Apesar disso, a Variety não indicou quais cargos seriam mais afetados na pequena onda de desligamentos.

Plataforma registrou queda nos EUA

Com a chegada de novos concorrentes à América do Norte, como Disney+ e Apple TV+, a Netflix enfrentou queda no número de assinantes nos últimos meses. Essa tendência deve, inclusive, acontecer em 2020, após o lançamento de outras rivais, como HBO Max e Quibi.

Concorrência impactou número de assinantes da Netflix. (Fonte: Unsplash)

Ao final de 2019, a gigante do streaming reunia 167,1 milhões de usuários pagantes; desse total, 61 milhões são dos Estados Unidos. Embora elevado, esse volume não alcançou as projeções locais da companhia nem de investidores da bolsa de valores de Wall Street.

“Nosso baixo crescimento de membros provavelmente se deve a nossas recentes mudanças de preço e a lançamentos competitivos nos EUA”, explicou em carta recente a acionistas. Dessa forma, isso também poderia ser motivo para os cortes internos.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Netflix irá demitir funcionários de sua divisão de marketing