Facebook é alvo de investigação por monopólio de redes sociais

1 min de leitura
Imagem de: Facebook é alvo de investigação por monopólio de redes sociais
Avatar do autor

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ) deve entrevistar em breve rivais do Facebook, devido a uma investigação de prática anticompetitiva relativa à companhia de Mark Zuckerberg. A medida teve início em setembro, quando o órgão começou a suspeitar de diversas ações, porém os motivos específicos não foram divulgados.

Esse não será o único obstáculo a ser enfrentado pelo Facebook, pois, na mesma época, a Comissão Federal de Comunicação (FTC) também iniciou uma apuração sobre o suposto monopólio da empresa. Contudo, as suspeitas recaiam sobre aquisições das principais plataformas digitais, como o Instagram.

Representantes do Snapchat dizem que Zuckerberg tem práticas agressivas contra outras empresas. (Fonte: PX Fuel)

A FTC já teria, inclusive, procurado representantes de redes sociais, como o Snapchat, para analisar a situação. Como resposta, o concorrente teria entregado um longo dossiê com descrição de várias “práticas agressivas” por parte do Facebook para atacar outras empresas do setor. Executivos do TikTok também serão consultados sobre assunto em breve — caso isso já não tenha ocorrido.

Vale lembrar que a comprovação dessas investigações pode resultar em multas bilionárias, algo que inclusive já aconteceu com o Facebook e outras gigantes da tecnologia, como a Google. A FTC também estaria investigando a Amazon por condutas similares.

Facebook é alvo de investigação por monopólio de redes sociais