Huawei adia conferência na China devido ao surto de coronavírus

1 min de leitura
Imagem de: Huawei adia conferência na China devido ao surto de coronavírus
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Huawei decidiu adiar a edição 2020 da sua tradicional conferência anual de desenvolvedores que aconteceria nos dias 11 e 12 de fevereiro em Shenzen, na China. A mudança na data do evento se deve ao novo surto do coronavírus na região de Wuhan, que já resultou em 17 mortes.

Conforme a gigante chinesa, que afirmou dar grande importância à saúde e segurança dos participantes do evento, a HDC.Cloud 2020 foi remarcada para os dias 27 e 28 de março, ocorrendo no mesmo local e contando com transmissão ao vivo via internet, para todo o mundo.

A Huawei Developer Conference é o maior evento anual da marca, normalmente tendo uma grande presença de desenvolvedores estrangeiros. Ou seja, a epidemia que tem assolado a China nos últimos dias provavelmente afetaria a participação de pessoas de outros países, o que não deve ocorrer com a alteração da data.

O surto do coronavírus na China fez a Huawei adiar sua tradicional conferência. (Fonte: Pixabay)

Os objetivos da HDC.Cloud incluem construir uma plataforma global de comunicação e apresentar aos participantes a tecnologia desenvolvida pela empresa ao longo dos últimos 30 anos, fornecendo conhecimento para novas criações, segundo a Huawei. Durante os dois dias, estão previstas 50 palestras e mais de 120 fóruns, promovendo o intercâmbio entre desenvolvedores de todo o mundo.

Outras empresas podem ser afetadas pelo surto

Além da Huawei, outras companhias chinesas também devem ter seu calendário de eventos afetado pelo surto do coronavírus. De acordo com o The Verge, o CEO da Foxconn Terry Gou pediu aos colaboradores para não viajar à China continental durante o ano-novo chinês, celebrado no dia 25 de janeiro.

Um dos esforços para conter a epidemia foi colocar em quarentena a cidade de Wuhan, que tem 11 milhões de habitantes e não está recebendo voos. As estações de trem da região também estão fechadas por tempo indeterminado.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Huawei adia conferência na China devido ao surto de coronavírus