Samsung Galaxy Fold vendeu menos do que foi divulgado pela empresa

1 min de leitura
Imagem de: Samsung Galaxy Fold vendeu menos do que foi divulgado pela empresa
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Segundo Koh Dong-jin, CEO da Samsung, foram vendidas entre 400 e 500 mil unidades do Galaxy Fold, desde seu lançamento em setembro do ano passado. Dessa forma, a marca seria bem menor do que aquela indicada em dezembro por Sohn Young-kwon, chefe de inovação da sul-coreana, de 1 milhão de aparelhos comercializados. Durante entrevista na CES 2020, o presidente da empresa ressaltou que o executivo teria confundido o número de meta projetado para 2019 com o de vendas da empresa.

Mesmo com uma diferença expressiva entre o divulgado anterior e atualmente, ainda é possível considerar a base de meio milhão de unidades algo respeitável. Afinal, o Samsung Galaxy Fold tem preço salgado, de US$ 1.980 (cerca de R$ 8.021, na conversão direta), mesmo se comparado com vários tops de linha do mercado.

Koh Dong-jin (à direita) durante a CES 2020 . (Fonte: Yonhap News Agency)

Além disso, o celular de tela dobrável tem uma tecnologia muito nova para tal “investimento”. Junto a isso, a Samsung também deixou de oferecê-lo em muitos países, o que limita ainda mais seu número de vendas.

Samsung Galaxy Fold 2 na CES?

Conforme a Yonhap News Agency, Koh Dong-jin irá exibir um novo smartphone dobrável ao estilo “concha”, ou de abertura vertical, durante a CES 2020. Porém, a agência de notícias sul-coreana não apontou se esse seria o novo Samsung Galaxy Fold 2 — que teria esse mesmo design, segundo rumores recentes.

Em termos de especificação, o veículo apenas revelou que o dispositivo contaria com painel interno de 6,7’’ e ficaria “quase quadrado quando dobrado”. Já o seu lançamento estaria previsto para fevereiro, o que se alinha ao evento de anúncio da linha Galaxy S11 ou S20.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Samsung Galaxy Fold vendeu menos do que foi divulgado pela empresa