Brasil terá fundo de US$ 160 milhões da Qualcomm e BNDES para IoT

1 min de leitura
Imagem de: Brasil terá fundo de US$ 160 milhões da Qualcomm e BNDES para IoT
Avatar do autor

O setor de capital da Qualcomm, o Qualcomm Ventures, anunciou nesta quarta-feira (18) o lançamento de um fundo de investimentos em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O objetivo é ajudar no desenvolvimento da Internet das Coisas (IoT) no Brasil.

As participações totalizam R$ 160 milhões e serão destinadas principalmente para startups que ainda estão em fase inicial de financiamento, mas desejam desenvolver produtos e serviços de IoT no país.

Metade desse valor será fornecido pelas duas instituições fundadoras, enquanto investidores convidados ajudarão a completar o total. A Qualcomm também vai contribuir com expertise e aconselhamento. O responsável pelo gerenciamento será escolhido a partir de um edital, que está em aberto para inscrições até fevereiro de 2020.

Várias áreas

O fundo vai auxiliar empresas que desenvolvam soluções em IoT nos mais diversos setores, com aplicações que envolvam hardware, software ou análise de dados. São esperadas melhorias em setores como manufatura, smart cities, saúde, agro e  residencial.

O fundo é uma consequência do Plano Nacional de Internet das Coisas, lançado em junho de 2019 pelo governo brasileiro para desenvolver o ecossistema de IoT no Brasil.

“A criação deste fundo está em linha com a visão estratégica da Qualcomm de impulsionar o ecossistema de Internet das Coisas no Brasil. Queremos nos engajar com empresas líderes em diferentes verticais, de maneira a explorar o potencial do país como produtor de tecnologia”, explica Rafael Steinhauser, Presidente da Qualcomm para a América Latina.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Brasil terá fundo de US$ 160 milhões da Qualcomm e BNDES para IoT