Netflix revela número global de assinantes; EUA e Canadá lideram

1 min de leitura
Imagem de: Netflix revela número global de assinantes; EUA e Canadá lideram
Avatar do autor

A Netflix divulgou, na última segunda-feira (16), a sua quantidade de assinantes pagos em todo o mundo, separando os dados por região. Como era esperado, a maior base de usuários do serviço fica na América do Norte, mais especificamente nos Estados Unidos e no Canadá.

Nestes dois países, o número de assinantes da Netflix chega a 67,1 milhões, uma diferença de quase 20 milhões de membros em relação à região conhecida como EMEA, sigla utilizada para representar a Europa, o Oriente Médio e a África, locais que somam 47,4 milhões de assinantes do streaming, juntos.

Embora haja uma diferença considerável entre as duas regiões, é curioso notar que a EMEA registrou um aumento de 40% na sua base de usuários do serviço no último ano, enquanto EUA e Canadá cresceram somente 6,5% no mesmo período.

Já a América Latina surge na terceira posição, com 29,4 milhões de assinantes, ficando a região Ásia-Pacífico na quarta colocação, com 14,5 milhões de membros. Entre estas duas regiões, há o mesmo fenômeno citado acima em relação ao crescimento do número de usuários no último ano: 22% na América Latina e 53% na Ásia-Pacífico.

Receita por assinante

Os dados divulgados pela Netflix contemplam ainda a receita gerada por assinante em cada região. Neste ranking, EUA e Canadá também lideram, com a renda de US$ 13,08 por usuário, enquanto a EMEA gera US$ 10,40 por pessoa. Na Ásia-Pacífico, o rendimento é de US$ 9,29 e na América Latina de US$ 8,63.

É a primeira vez que o serviço de streaming revela as informações desta maneira, por região, o que deve passar a ser um padrão de agora em diante, segundo a CNET, na hora de apresentar os dados para acionistas e investidores.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Netflix revela número global de assinantes; EUA e Canadá lideram