AMD bate novo recorde de vendas de processadores, Intel fica bem atrás

1 min de leitura
Imagem de: AMD bate novo recorde de vendas de processadores, Intel fica bem atrás
Avatar do autor

Após longos anos com um cenário positivo para a Intel, vendedores documentaram uma virada de jogo para a AMD. Segundo informações do varejista alemão Mindfactory, a AMD vendeu 25 mil unidades de processadores Ryzen no último mês (novembro), contra 5 mil unidades de processadores Intel Core.

Isso não foi um evento isolado. A AMD também apresentou vantagem expressiva sobre a Intel em setembro, chegando a tomar 81% do mercado. Essa média se manteve desde julho, bem próximo do lançamento da terceira geração dos AMD Ryzen 3000.

Gráfico de vendas por mês em um ano (nov-2018 até nov-2019). (Fonte: WCCFTech/Reprodução)

Apesar de termos dados de apenas um único vendedor, podemos imaginar que o cenário se repete para outros comerciantes — ao menos no mercado europeu. Outro exemplo desse fenômeno está na lista de produtos mais vendidos da Amazon, onde 8 dos 10 processadores mais vendidos eram AMD.

Bolso cheio

As vendas dos Ryzen, além de garantir maior fatia do mercado para a AMD, rendeu 77% do valor das vendas em lucro. Esse crescimento indica que os processadores mais poderosos — Ryzen 7; Ryzen 9 e Ryzen Threadripper — estão entre os mais vendidos.

Entretanto, apesar da gritante perda de mercado da Intel, a companhia ainda se mantém com maior lucro por unidade vendida e, por isso, garante valor ainda superior ao da AMD — embora essa vantagem diminua a cada mês.

Gráfico de vendas desde 2015. (Fonte: WCCFTech/Reprodução)

Logística problemática

Há mais de um ano, a Intel divulgou que vivia uma crise na produção dos processadores de 14nm. Essa condição resultou em aumento dos preços das unidades Intel Core. Aparentemente, a situação não melhorou, já que os processadores continuam com valores elevados e a companhia não divulgou a normalização da produção.

Qual sua aposta para 2020? Deixe sua opinião nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
AMD bate novo recorde de vendas de processadores, Intel fica bem atrás