Realme deve virar uma marca independente da Oppo em breve

1 min de leitura
Imagem de: Realme deve virar uma marca independente da Oppo em breve
Avatar do autor

A fabricante chinesa Realme deve se transformar em uma marca independente em breve. A informação é do site DigiTimes, que confirmou a intenção com um executivo da Oppo, atual dona da companhia.

O objetivo é permitir o desenvolvimento de um ecossistema próprio para a Realme, que tem crescido bastante no mercado e atualmente é a sétima maior empresa do mundo em smartphones, com crescimento anual de 808%. Para os executivos da Oppo, não há qualquer preocupação de canibalização do mercado: a submarca é mais voltada para dispositivos acessíveis, com uma pegada mais fashion, e também pretende lançar wearables e fones de ouvido. Já a gigante chinesa foca na experiência mais top de linha, como é o caso da família Reno de celulares.

Antes mesmo da separação oficial, a Realme já havia formado uma pesquisa própria de pesquisa e desenvolvimento. Entretanto, as ações da marca e da submarca ainda estão conectadas e a Oppo ainda é a responsável por direcionar o orçamento à filial. Atualmente, ela é uma das maiores marcas do mercado indiano e já está presente em mais de 20 países.

Você já viu isso antes

A movimentação é similar ao que fez a Xiaomi com a Redmi, que também se transformou em uma marca paralela e com maior liberdade para expandir no mercado. Entretanto, a família Redmi tem lançado dispositivos um pouco mais voltados para o mercado Premium, como é o caso do K20 Pro.

No caso da Oppo, ela mesma também é uma subsidiária de outra empresa: a BBK Electronics Corporation, também dona da OnePlus e da Vivo.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Realme deve virar uma marca independente da Oppo em breve