Vendas do iPhone caíram 10,7% em 1 ano, diz pesquisa

1 min de leitura
Imagem de: Vendas do iPhone caíram 10,7% em 1 ano, diz pesquisa
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

De acordo com a empresa de consultoria, Gartner, as vendas do iPhone caíram 10,7% de 2018 até aqui. Mesmo com a boa adoção aos modelos do iPhone 11, o terceiro trimestre registrou uma queda acentuada em relação ao ano passado.

Essas estatísticas já tinham sido apontadas por agências como a Canalys, Strategy e IHS, e até mesmo confirmadas pela Apple, embora de forma implícita.

Dados contraditórios?

A Apple havia dito que conseguiu quebrar recordes de faturamento neste quarto trimestre, mas não citou as vendas do iPhone.

Basicamente, o que a empresa fez foi contar somente “a parte boa da história”. A receita da Apple teve um aumento superior a 50%, com valor de US$ 33,36 bilhões. Tim Cook também disse que as vendas iniciais do iPhone 11 foram ótimas.

No entanto, ao apresentar os números que contribuíram para o aumento da receita, o iPhone não aparece. Cook, na verdade, falou do crescimento nos segmentos de serviços, dispositivos vestíveis e do iPad.

Fonte: Pixabay/Reprodução

A Apple continua oferecendo promoções e descontos em vários mercados, além de ainda vender bem na China. Mesmo assim, a companhia vendeu 40,8 milhões de aparelhos, o que representa uma queda de 10,7% em relação a 2018. As estimativas anteriores posicionavam essa baixa entre 2% a 7%.

A Gartner ainda revelou que a adoção aos três modelos do iPhone 11 foi muito boa, e que essas vendas devem continuar positivas neste fim de ano, porém, sem reverter a queda nas vendas dos modelos anteriores.

2 possíveis razões

De acordo com a Gartner, há dois fatores que podem contribuir para essa queda nas vendas do iPhone: a ascensão dos modelos intermediários e o 5G.

Segundo a empresa, muitos usuários estão migrando de aparelhos topos de linha para os intermediários, segmento onde a Apple não atua e, por isso, acaba não participando da fatia de mercado.

Há, ainda, os usuários que preferiram esperar pelo iPhone que será lançado somente em 2020, já que a geração de 2019 não possui suporte ao 5G.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Vendas do iPhone caíram 10,7% em 1 ano, diz pesquisa