Huawei anuncia notebooks MateBook D com Windows 10 pré-instalado

1 min de leitura
Imagem de: Huawei anuncia notebooks MateBook D com Windows 10 pré-instalado
Avatar do autor

A Huawei anunciou ontem (25) os notebooks da linha MateBook D, e o hardware dos dispositivos aliado ao design fino não foram o único destaque dos três novos produtos: a companhia confirmou que todos os modelos da série serão lançados com o Windows 10 pré-instalado. A novidade vem dias depois do Departamento de Comércio dos Estados Unidos aprovar uma solicitação da Microsoft para fazer negócios com a fabricante chinesa.

Desde maio, a Huawei tem enfrentado dificuldades no mercado após a Casa Branca implementar sanções que proíbem companhias com sede nos Estados Unidos de fazer negócio com a fabricante chinesa. Em setembro, a empresa até começou a lançar computadores com o sistema Deepin, baseado em Linux, para se tornar mais independente da dona do Windows 10.

(Fonte: Slashgear/Reprodução)

Neste mês, o governo dos Estados Unidos lançou uma nova "trégua" que dá mais noventa dias para empresas do país fazerem negócios com a Huawei e se adaptarem à proibição. A liberação vai até fevereiro de 2020 e o Departamento de Comércio está lidando com os pedidos enviados por companhias que pretendem voltar a ter relações comerciais com a gigante chinesa. Segundo o Gizmochina, mais de 290 solicitações foram feitas ao governo, mas parece que a Microsoft conseguiu certa prioridade.

Especificações dos notebooks MateBook D

Além de trazerem Windows 10 de fábrica, os computadores da linha MateBook D tem como destaque o corpo fino e hardware potente. O MateBook D 15 possui tela Full HD de 15,6 polegadas que toma 87% da frente do dispositivo, com processador Intel Core i7 de décima geração, GPU Nvidia GeForce MX250, até 16 GB de RAM e armazenamento duplo, com 512 GB de SSD e HDD de 1TB.

O produto também foi lançado na versão MateBook D 14, que traz as mesmas especificações, mas com corpo ainda menor: a edição de 14 polegadas possui 15,9 mm de espessura, o mesmo que o MacBook Air da Apple, e pesa 1,38 Kg.

(Fonte: Gizmochina/Reprodução)

Por fim, a linha também conta com o modelo MateBook D Ryzen, que vem nos dois tamanhos e traz componentes internos feitos pela AMD. A edição especial do produto conta com processador Ryzen 5 3500U, gráficos Vega 8 e design de memória dual channel, que garante 30% mais desempenho, segundo a fabricante.

Os novos produtos serão vendidos na China a partir de 3 de dezembro e possuem preços a partir de 3.999 yuan, cerca de R$ 2,395 em conversão direta.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Huawei anuncia notebooks MateBook D com Windows 10 pré-instalado