Clientes do Bitcoin Banco têm endereços e saldos vazados na web

1 min de leitura
Imagem de: Clientes do Bitcoin Banco têm endereços e saldos vazados na web
Avatar do autor

Nesta segunda-feira (04), o Bitcoin Banco — corretora de criptomoedas como Bitcoin e outras —  e todas as empresas vinculadas a Claudio Oliveira, fundador do grupo, entraram na Justiça com um pedido de recuperação judicial. Agora, a lista dos clientes do grupo vazou nas redes sociais, expondo dados como seus endereços completos e saldo em reais.

De acordo com o documento, com data de 04/11/2019 e processo judicial 0015989-91.2019.8.16.0185, são ao todo 6.584 clientes, para quem o banco deve o valor total de R$ 23,2 milhões.

O site Livecoins entrou em contato com três desses clientes expostos, sendo que dois deles confirmaram os valores do saldo, enquanto um outro cliente disse que o valor não batia, dando a entender que o documento não está atualizado.

Clique para ver em resolução maior. (Fonte: Livecoins/Reprodução)

Clientes estão vulneráveis

Com a exposição de seus dados, os clientes estão vulneráveis. Quem lida com investimentos envolvendo moedas digitais sabe a importância de manter seus dados seguros, pois podem se tornar alvo de sequestradores e ataques hacker. Por isso mesmo, as plataformas que envolvem transações com moedas digitais costumam ser bem seguras.

O problema é que o documento vazado expõe os endereços desses clientes, que, a partir de agora, precisarão reforçar sua segurança e a de seus familiares.

Ex-CEO da Anubis aparece com saldo de R$ 2,7 milhões

De acordo com a planilha, os ex-dono da Anubis Trade, Matheus Grijó, possui o saldo de R$ 2.737.357,80 retidos na corretora TemBTC, umas das empresas o grupo Bitcoin Banco, mas ele nega esse valor. Grijó disse ao Livecoins que possui apenas 5 BTC na TemBTC.

Grijó ficou conhecido na comunidade de criptomoedas por participar de vários eventos sobre Bitcoin no Brasil. Além disso, ele desenvolveu o bot de arbitragem da Anubis e, sem comunicar a ninguém, o vendeu para a Atlas Quantum, juntamente com o saldo dos clientes. Agora, vários deles estão processando Grijó e as duas empresas.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Clientes do Bitcoin Banco têm endereços e saldos vazados na web