Correios declara reajuste médio de 6,34% em Sedex e PAC para fim de ano

1 min de leitura
Imagem de: Correios declara reajuste médio de 6,34% em Sedex e PAC para fim de ano
Avatar do autor

Em vésperas de Black Friday, o Correios dá uma nova surpresa desagradável àqueles que pretendiam aproveitar as ofertas online de lojas. A estatal confirmou um aumento médio de 6,34% nas tarifas de postagens por pessoa física.

Em fevereiro, os Correios haviam anunciado um reajuste de 8,03%, valor médio bastante próximo da variação do Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), 7,54%. O novo aumento é superior ao dobro da inflação acumulada nos últimos 12 meses (2,89%), segundo o IPCA.

(Fonte: EPTV/Reprodução)

Vários serviços tiveram seus preços alterados pelo reajuste, são eles: Sedex Hoje; Sedex 10; Sedex 12 e PAC. No entanto, o reajuste médio para cada tipo de encomenda não foi divulgado por “sigilo comercial”, segundo os Correios.

A estatal justifica o aumento médio dos valores de encomendas como uma atualização dos preços para “readequação do impacto dos custos na prestação de serviços”, alegando se tratar de um “mercado concorrencial”.

(Fonte: VisualHunt)

Aqueles que possuem contratos com os Correios são serão afetados pelo reajuste. Por outro lado, a média divulgada pode variar por tipo de entrega, origem e destino do pacote.

Vale lembrar que é um período bastante delicado para a estatal, visto que ela está no olho do governo federal para desestatização. Embora esse processo seja lento e ainda leve alguns anos para se concluir, as ações da empresa durante esse período são determinantes para o futuro de sua administração e funcionários.

Atualização: 22/10/19 - 12h02

A versão original desta notícia citava o Mercado Livre como exemplo de loja online que seria afetada pelo reajuste dos correios. Em contato com o TecMundo, entretanto, o Mercado Livre afirmou que esse reajuste não vai afetar o valor do frete de compras feitas em sua plataforma.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Correios declara reajuste médio de 6,34% em Sedex e PAC para fim de ano