Huawei vai liderar implantação da rede 5G da Rússia

1 min de leitura
Imagem de: Huawei vai liderar implantação da rede 5G da Rússia
Avatar do autor

A Huawei, segunda maior fabricante de smartphones Android do mundo e líder mundial em tecnologia 5G, será a principal desenvolvedora da rede 5G da Rússia. O contrato foi assinado em junho, entre a empresa chinesa e a principal operadora de telefonia russa, a MTS. Na época, o conflito comercial entre China e EUA estava em seu momento mais delicado, e o presidente chinês, Xi Jinping, estava exatamente em Moscou.

Se, por um lado, a companhia chinesa perdeu grandes oportunidades de negócios em território americano, por outro, outros países do mundo não estão hesitando em contratá-la como parceira. Analistas preveem que a decisão do governo russo, tanto pode ser em solidariedade a Pequim e repressão contra Washington quanto baseada no fato de que o país tem pressa em moAdernizar sua infraestrutura de redes móveis.

Xin Jinping, à esquerda, e Vladimir Putin, à direita. (Fonte: Time BM/Reprodução)

Vários países têm confiado a implantação de suas redes 5G, primordialmente, à Huawei. É o caso de Brasil e Espanha, por exemplo. E a companhia chinesa não mostra sinais de estafa de mão de obra ou recursos. Contudo, existe a possibilidade de a chinesa não conseguir um acordo por aqui como esse na Rússia.

Líder mundial em 5G e de olho no 6G

A Huawei já criou a primeira zona de testes 5G em Moscou no início de setembro. A parceria com a operadora local MTS prevê que toda a capital russa terá cobertura da nova rede de alta velocidade em breve.

O contrato com a Rússia é um acordo extremamente relevante, dada a extensão do país. E o governo quer que todas as principais cidades tenham rede 5G até 2024. A companhia chinesa já atua na Rússia há 22 anos e informou que já pensa no desenvolvimento do 6G naquela região.

***

Quer dominar qualquer aparelho celular e se sobressair no mercado? Saiba mais aqui

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Huawei vai liderar implantação da rede 5G da Rússia