Amazon está de olho no mercado de entregas na Índia

1 min de leitura
Imagem de: Amazon está de olho no mercado de entregas na Índia
Avatar do autor

O crescente e disputado mercado de entrega de comida é um fenômeno que atrai cada vez mais empresas em todo o mundo. Diante disso, a Amazon estaria planejando entrar no mercado indiano em setembro de 2019 e já estaria fazendo contratações para compor a equipe no país, informa a Reuters.

O objetivo da empresa seria lançar o novo projeto, em parceria com a startup local Catamaran, na temporada de festividades da Índia. De acordo com a consultoria RedSeer, o segmento de entrega de comida cresceu 176% em 2018, devido ao crescimento da classe média indiana.

Swiggy e Zomato dominam o mercado de entrega de comida na Índia

O nome do projeto ainda não foi divulgado ao público, tampouco a estimativa de lucros almejada, já que competidores locais como Swiggy e Zomato controlam a maioria dos pedidos feitos pelos indianos. O mercado do país já foi ingrato com a UberEats, que lançou seu serviço de entrega em 2017 e desistiu de competir com os locais. Agora, a empresa estaria sendo comprada pela Amazon, para agregar um leque maior de serviços oferecidos online.

A Amazon lançou o Prime na Índia em 2016 e já oferece  streaming de vídeo e música, bem como entrega de mantimentos, em muitas cidades de lá. O serviço de entrega de alimentos, que está avaliado em US$ 300 milhões, estava inicialmente em negociações com a Swiggy sobre a aquisição, mas as negociações não foram bem-sucedidas em relação à avaliação.

A empresa de Jeff Bezos fechou no mês passado suas operações de entrega de alimentos nos Estados Unidos, por conta da forte concorrência.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Amazon está de olho no mercado de entregas na Índia