John McAfee é preso e liberado 4 dias depois em condições misteriosas

1 min de leitura
Imagem de: John McAfee é preso e liberado 4 dias depois em condições misteriosas
Avatar do autor

O empresário John McAfee, que agora é mais conhecido pelas loucuras cometidas e por ser pré-candidato à presidência dos Estados Unidos, alega ter sido detido e liberado apenas 4 dias depois por autoridades. As informações foram publicadas por seu gerente de campanha em sua conta oficial no Twitter.

"Eu tenho boas razões para suspeitar que John McAfee, sua esposa e outras companhias foram detidas por autoridades em sua última chamada em um porto", afirmou na terça-feira (23) Juan Maria Loggia-Ramirez, que gerencia a vida política do empresário. O fato teria acontecido ainda no final de semana.

Porém, nesta quarta-feira, a conta voltou a ativa com uma atualização: "John, Janice e a tripulação estão vivos e no processo de serem liberados do confinamento. Pela segurança deles, mais detalhes não serão fornecidos. Espere outra atualização amanhã, possivelmente dele mesmo". Em seguida, foi comunicado que o empresário criador do antivírus que leva seu nome estava bem.

A próxima postagem foi uma montagem com fotos de McAfee ao lado de seus colegas e também de soldados — possivelmente os que realizaram a prisão. O país e o motivo da prisão não foram revelados.

Desde janeiro, McAfee mora em um barco com a esposa e diz ser perseguido pela CIA. Ele vivia em Belize, mas deixou o país após ser acusado de assassinato e de ter ligação com o crime organizado.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
John McAfee é preso e liberado 4 dias depois em condições misteriosas