Google, Apple e outras gigantes serão investigadas por monopólio

1 min de leitura
Imagem de: Google, Apple e outras gigantes serão investigadas por monopólio
Fonte: Governo da França/Reprodução
Avatar do autor

Existe há algum tempo uma pressão política interna para que o governo Trump faça uma checagem mais profunda sobre como as gigantes da tecnologia se posicionam entre os líderes do mercado e, bem, se elas realizam práticas anticompetitivas para assegurar monopólio. O assunto vem rendendo multas pesadas na Europa e agora o Departamento de Justiça dos Estados Unidos anuncia abertura de investigação.

Democratas e republicanos concordam no Congresso dos Estados Unidos que há muita preocupação a respeito do poder que empresas como Alphabet (dona da Google), AppleFacebookAmazon exercem sobre o mercado. 

“Há um consenso crescente entre capitalistas de risco e startups de que existe uma ‘zona da morte’ em torno de Google, Amazon, Apple e do Facebook, que impede que novas empresas entrem no mercado com produtos e serviços inovadores para desafiar esses representantes”, disse o deputado democrata David Cicilline, que dirige o subcomitê, de acordo com a Reuters.

google apple amazon facebook(Fonte: Knowledge Wharton/Reprodução)

A análise sobre essa atuação, de acordo com a Justiça estadunidense, gira em torno de “como as plataformas online líderes de mercado alcançaram poder de mercado e estão envolvidas em práticas que reduziram a concorrência, sufocaram a inovação ou prejudicaram de alguma forma os consumidores”.

Ações das empresas caíram com o anúncio

O comunicado acontece justamente em um momento em que os grupos mencionados sofrem pressão e penas pesadas da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (GDPR) na Europa e também nos Estados Unidos — a Federal Trade Comission (FTC), que regula o mercado, notificou hoje (24) o Facebook com multa de US$ 5 bilhões e um acordo com várias medidas, por não conseguir proteger adequadamente as informações de seus usuários.

As ações da rede social caíram 1,7%, enquanto as da Alphabet tiveram baixa de 1%. Apple (-0,4%) e Amazon (-1,2%) registraram queda semelhante — um montante de cerca de US$ 33 bilhões, segundo o Markets Insider. Grupos financeiros como o Goldman Sachs vêm alertando investidores para evitar esses papéis no momento, justamente por conta das investigações antitruste.

departamento de justiça(Fonte: Reuters/Reprodução)

Embora haja grande confiança de recuperação na Bolsa de Valores, o alerta está ligado. Para analistas, a pressão política e a da própria opinião pública devem trazer consequências permanentes em médio prazo. O Departamento de Justiça dos Estados Unidos negou-se a liberar a lista das empresas investigadas e, por enquanto, nenhuma das gigantes se manifestou sobre o início desses trabalhos.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Google, Apple e outras gigantes serão investigadas por monopólio