Caixas eletrônicos de criptomoedas já passam de 5 mil ao redor do mundo

1 min de leitura
Imagem de: Caixas eletrônicos de criptomoedas já passam de 5 mil ao redor do mundo
Avatar do autor

Em novembro de 2013, o mundo inteiro contava com apenas um caixa eletrônico para realizar transações em Bitcoin no mundo. Em apenas um ano, já eram quase 300, e hoje, cinco anos e meio depois, já são mais de 5 mil ATMs dedicados a criptomoedas, de acordo com o site Coin ATM Radar.

A esmagadora maioria está na América do Norte, que concentra 73,9% dos equipamentos do tipo, com 60,8% estão nos Estados Unidos. A Europa inteira tem pouco mais de 22% das máquinas de ATM de dinheiro eletrônico, enquanto que a Ásia tem apenas 2% e a América do Sul mal aparece na contagem.

(Fonte: Coin ATM Radar/Reprodução)

No Brasil, ainda não há nenhum caixa do tipo e os mais próximos do país, de acordo com o site, estão em Bogotá, na Colômbia. Isso pode mudar, caso a fabricante norte-americana Odyssey realmente instalar 150 equipamentos na Argentina até o final deste ano, como anunciou que faria. Atualmente, o país conta com apenas 10 ATMs do tipo.

Em alta, depois de algumas como o Bitcoin alcançarem o valor mais elevado de 2019, as criptomoedas parecem contrariar as expectativas e se manter firmes mesmo frente a muita desconfiança que o mercado financeiro direcionava às mesmas.

Máquina da canadense BitAcces. (Fonte: Coin ATM Radar/Reprodução)

Todos os dias, pelo menos 6 novas máquinas de transações financeiras em criptomoedas são instaladas em algum lugar do mundo. As principais fabricantes são a General Bytes, da República Tcheca, que somente neste mês de junho, instalou 69 máquinas, e a Genesis Coin, que colocou em funcionamento 24 caixas eletrônicos do tipo.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Caixas eletrônicos de criptomoedas já passam de 5 mil ao redor do mundo