Com o recente conflito entre EUA e Huawei afetando diretamente o futuro da companhia chinesa, quem está aproveitando a oportunidade é a Samsung. A sul-coreana passou os últimos anos vendo os chineses se aproximando no ranking de vendas de smartphones, mas pode ter encontrado no bloqueio uma chance de manter a dianteira como maior fabricante do mundo.

Para isso, a Samsung começou a aceitar smartphones da Huawei em seu programa de troca de celulares usados. Até o momento, a iniciativa vale apenas em Singapura e pode dar descontos de até 755 dólares de Singapura na hora de obter um dispositivo da linha Galaxy S10. A divisão da empresa que atua no país do Sudeste Asiático divulgou a tabela abaixo, com os descontos dados em cada modelo.

Samsung S10Modelos aceitos na troca por um Galaxy S10. Imagem: Samsung/Reprodução.

Por enquanto, o futuro da Huawei no mercado de celulares continua incerto. A empresa perdeu acesso ao Android, está temporariamente sem certificado de uso do WiFi e arrisca perder a maior fornecedora de processadores. Em alguns mercados, os preços dos aparelhos começaram a despencar após o anúncio do banimento. Uma estratégia para contornar pelo menos um desses problemas é lançar seu sistema operacional próprio, algo que deve acontecer ainda em 2019.

Assinatura The BRIEFVenha para o The BRIEF