Imagem de: Xiaomi anuncia volta para o Brasil: Mi 9, Redmi Note 7 e mais

Xiaomi anuncia volta para o Brasil: Mi 9, Redmi Note 7 e mais

3 min de leitura
Avatar do autor

A Xiaomi está realizando neste momento um evento em São Paulo detalhando sua volta para o mercado brasileiro em parceria com a DL. A empresa ficará responsável por homologação, fabricação e pós-venda de produtos Xiaomi no nosso país.

Entre os dispositivos confirmados para o consumidor local está o Mi 9, um dos mais recentes lançamentos da marca chinesa. Confira a lista completa dos produtos que a DL pretende comercializar oficialmente no Brasil.

Xiaomi Mi 9

O novo top de linha da Xiaomi no mercado internacional, lançado globalmente no começo deste ano durante a MWC 2019, em Barcelona, destaca-se pela qualidade fotográfica, tendo um conjunto traseiro de três câmeras.

O sensor principal tem 48 MP e é acompanhado por um de 16 MP ultrawide para paisagens e grandes grupos de pessoas; há também um secundário, de 12 MP com lente telefoto. O aparelho já garantiu o 3º lugar geral no renomado ranking de câmeras DxOMark, com a captura de vídeo recebendo nota 99. Ele ainda tem recarga rápida e hardware poderoso.

Esse aparelho da Xiaomi será vendido oficialmente no Brasil a partir de R$ 3.999. Duas versões estão disponíveis, mas ambas têm 6 GB de RAM; a única diferença é a quantidade de armazenamento, que varia em 64 GB e 128 GB. Saiba mais sobre o Mi 9.

Redmi Note 7

O Redmi Note 7 é um intermediário focado em fotografia, que conta com um sensor Samsung ISOCELL Bright GM1. Esse componente tem um diferencial interessante: a tecnologia Tetra Cell, também da Samsung, capaz de unificar 4 pixels em um grande pixel de 1,6 µm, captando mais luz e produzindo fotos melhores.

Em suma, é como se a câmera traseira do Redmi Note 7 contasse com um sensor poderoso de 12 MP. Complementam as especificações outra lente traseira de 5 MP com sensor de profundidade e uma câmera frontal de 13 MP.

O Redmi Note 7 será vendido oficialmente no Brasil a partir de R$ 1.699. Saiba mais sobre o Redmi Note 7.

Outros smartphones

A Xiaomi informou que a DL comercializará também smartphones como Redmi Go, Note 6 Pro e Pocophone F1, mas não deu preços oficiais. Seja como for, alguns vazamentos sobre valores desses modelos já apareceram na web.

redmi go(Fonte: TudoCelular/Reprodução)

Xiaomi Smart Home e mais

A DL informou que venderá "centenas" de produtos Xiaomi no Brasil a partir de 2019. Não há uma lista completa, mas a empresa garantiu que trará mochilas, robôs aspiradores de pó, drones, guarda-chuvas, câmeras, patinetes, roteadores, escovas de dentes e lâmpadas.

Apesar dessas categorias genéricas, a companhia confirmou alguns produtos pelo nome real, entre eles Mi Air Purifier, Mi Smart Sensor Set, Mi Electric Scooter, Mi Bedside Lamp e Mi Band 3.

Onde comprar

A Xiaomi abrirá uma loja física oficial no Shopping Ibirapuera, na cidade de São Paulo, para comercializar produtos da marca. A inauguração está marcada para 1º de junho. Não temos informações sobre possíveis lojas da Xiaomi em outras cidades brasileiras.

Na internet, a revenda oficial será a mesma usada pela Xiaomi no restante do mundo. Em breve, a "mi.com" deverá trazer uma seção de vendas para o Brasil, com produtos entregues pela DL. Alguns varejistas nacionais também poderão vender os produtos da chinesa, mas ainda não há uma lista dessas parceiras.

Marcas como Pernambucanas e Ricardo Eletro já vendem alguns celulares da Xiaomi de forma antecipada. Um Pocophone sai por R$ 2.899, um Redmi Note 6 Pro está na casa dos R$ 1.699 e o Redmi Go custa R$ 699. Também já vimos o Mi 8 Lite por R$ 2.699 no mercado online nacional.

Quando

A princípio, as unidades vendidas no Brasil serão todas importadas, mas a DL falou sobre eventualmente ficar responsável pela fabricação de alguns modelos no Brasil. Nenhuma confirmação concreta quanto a isso foi feita, entretanto.

DL espera vender sete smartphones diferentes da Xiaomi no Brasil já em junho

A mi.com começará a vender produtos Xiaomi para todo o Brasil a partir da 1ª semana de junho, mas não no dia 1º, já que essa data é de venda exclusiva da loja física em São Paulo. Mesmo comprando online, os consumidores receberão produtos que já estão nacionalizados, ou seja, com origem de um estoque local.

Ao todo, a DL espera vender sete smartphones diferentes da Xiaomi no Brasil já em junho, mas não confirmou o nome de todos eles. Quanto a preços, só temos informações parciais para os modelos Mi 9 (já com suporte ao 5G internacional) e Redmi Note 7.

Um aviso importante: produtos comprados via importação não terão garantia ou suporte local por parte da DL ou da Xiaomi.

Mais informações deverão ser apresentadas em junho, quando a loja oficial e o site da marca começarem a trabalhar com a venda para o Brasil.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Xiaomi anuncia volta para o Brasil: Mi 9, Redmi Note 7 e mais