A gigante Amazon é a mais nova empresa interessada em entrar no mercado de entrega de alimentos e pratos de restaurantes. A companhia fundada por Jeff Bezos liderou uma rodada de investimentos de US$ 575 milhões e se tornou a principal apoiadora por trás da britânica Deliveroo.

A ideia por trás da Amazon é expandir os braços financeiros da companhia para setores que ela mesmo não consegue controlar. Bezos até tentou adentrar esse mercado em 2015 com um serviço chamado Amazon Restaurants, mas ele durou apenas dois anos antes de ser descontinuado.

A grande concorrente no setor é a Uber, e tudo indica que a guerra será mais precisamente contra o serviço Uber Eats. A própria Deliveroo recebeu uma tentadora oferta de compra da empresa de transporte privado em 2018, mas recusou. Por enquanto, o serviço não está disponível no Brasil.

Conheça a Deliveroo

A Deliveroo foi fundada em 2013 e é uma das princiáis empresas britânicas do setor, já com presença em 14 países de Ásia, Europa e Oceania acumulando 60 mil motoristas cadastrados. O nome mistura "delivery" com "canguru", mas o animal foi sendo deixado de lado da identidade visual da marca com o passar do tempo.

Segundo a companhia, o dinheiro da rodada de investimentos série G será usada para expandir as operações e até ajudar na construção de cozinhas especializadas em delivery, o que aumentaria bastante as entregas.

Assinatura The BRIEFVenha para o The BRIEF