Loja da Apple em Nova York é infestada por percevejos

1 min de leitura
Imagem de: Loja da Apple em Nova York é infestada por percevejos
Avatar do autor

De acordo com o New York Post, funcionários da icônica loja da Apple na Quinta Avenida passaram quase 1 mês enfrentando problemas por conta de uma infestação de percevejos no ambiente de trabalho. Foi somente na última sexta-feira (12) que eles realmente conseguiram dar um fim à praga.

A primeira vez que os funcionários avistaram um desses insetos foi em uma madrugada, há quase 4 semanas, em uma mesa do segundo andar da loja. Eles supõem que os percevejos foram levados pelos moradores de rua que se abrigam na parte superior do prédio, onde fica a cobertura de vidro.

Fonte: Digital Trends

Depois disso, mais exemplares foram encontrados no vestiário da equipe e no escritório do gerente. A partir daí, os funcionários começaram a entrar em pânico e a assustar os clientes, mas ninguém tomava uma providência. Os colaboradores foram apenas instruídos a guardar seus pertences dentro de duas sacolas, para evitar o contato com os insetos.

Os percevejos que infestaram a loja provavelmente são de uma espécie que pica e transmite doenças para os seres humanos. E isso explica a preocupação dos funcionários. Quando o problema aconteceu pela primeira vez, a gerência da loja contratou uma empresa de dedetização, mas, para desespero dos colaboradores, 1 semana depois os bichos voltaram a aparecer. Outra dedetização foi realizada e, mais uma vez, os insetos voltaram a dar as caras.

Foi aí que resolveram fechar a loja, que fica aberta 24 horas durante 365 dias por ano, sob o pretexto de haver um vazamento de água que precisava ser consertado. O “conserto” durou 6 horas, de um dia para o outro. Aparentemente, agora a infestação de percevejos foi contida.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Loja da Apple em Nova York é infestada por percevejos