Relatório: Samsung é a companhia que mais vendeu smartphones em 2018

2 min de leitura
Imagem de: Relatório: Samsung é a companhia que mais vendeu smartphones em 2018
Avatar do autor

Um relatório da empresa de análise de dados Canalys revela que a Samsung foi a companhia que mais vendeu smartphones em 2018. A gigante sul-coreana manteve sua posição de líder no mercado, mas com uma queda de 7,2% em relação aos números alcançados em 2017. O mesmo teria acontecido com sua rival, Apple, que ficou em segundo lugar, com encolhimento de 1,7%.

O documento aponta que as pessoas estão procurando manter seus aparelhos por mais tempo. Isso porque o setor, de modo geral, não teria apresentado grandes inovações no período avaliado, passando por um declínio global de vendas de 5% em relação ao ano anterior. Mas outro ponto interessante é que algumas companhias chinesas não compartilham o mesmo resultado.

As três colocações seguintes são ocupadas por HuaweiXiaomi e Oppo, que apresentaram crescimentos de 34,5%, 31,6% e 6,9%, respectivamente. Nesses casos, o investimento em dispositivos com configuração e design interessantes, a preços competitivos pode ter impulsionado a visibilidade dessas marcas em todo o mundo. Vale lembrar que a Huawei chegou a passar a Apple no segundo semestre do ano passado, mas problemas políticos e uma queda no mercado regional não melhoraram a posição da marca no ranking anual. 

De modo pontual, os números de unidades vendidas do top 5 do ranking, conforme a Canalys, ficaram da seguinte forma:

  • 1. Samsung – 2018: 293,7 milhões / 2017: 316,6 milhões.
  • 2. Apple – 2018: 212,1 milhões /  2017: 215,8 milhões.
  • 3. Huawei – 2018: 206 milhões / 2017: 153,2 milhões
  • 4. Xiaomi – 2018: 120,3 milhões /  2017: 91,4 milhões.
  • 5. Oppo – 2018: 119,6 milhões / 2017: 112 milhões.

Fonte: Huawei.

Em um curto espaço de tempo, a Huawei já mostrou ter poder para superar as primeiras colocadas, com possibilidade de se tornar a principal fornecedora de celulares do mundo entre 2019 e 2020. Vale destacar que a companhia teve aumento expressivo de vendas de seus aparelhos fora da China, com elevação de 60% nesse mercado, devido especialmente à visibilidade alcançada pelo seu P20 Pro. Claro, isso pode continuar dessa maneira se a relação política e comercial entre Estados Unidos e China não interferir nos negócios.

Contudo, a Samsung não deve entregar o jogo tão facilmente. Talvez a companhia possa ampliar a competição do mercado com aparelhos mais acessíveis ainda a partir deste ano. Enquanto isso, a Apple já está encarando o fato de que preços muito altos podem estar prejudicando suas vendas. Mas resta saber se ela irá lançar dispositivos mais baratos, e com configuração um pouco mais modesta, ou continuar investindo em sua base de usuários fiéis.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Relatório: Samsung é a companhia que mais vendeu smartphones em 2018