12 tecnologias que fazem 20 anos em 2019 [vídeo]

6 min de leitura
Imagem de: 12 tecnologias que fazem 20 anos em 2019 [vídeo]
Avatar do autor

Como já virou tradição aqui no TecMundo, a gente começa o novo ano homenageando quem vai assoprar 20 velinhas nos próximos meses no mundo da tecnologia. Isso serve não só pra gente comemorar o aniversário de empresas, produtos e serviços, mas também pra ver que, sim, 1999 foi há 20 anos.

Deixa já o seu joinha aqui no vídeo e inscreva-se no canal do TecMundo no YouTube se você ainda não é inscrito. Feito? Então prepare-se para essa dose de nostalgia.

1. Blackberry

A empresa Research in Motion, ou RIM, foi fundada no Canadá em 1984. Mas ela só atingiu o auge mesmo em 99, com o lançamento do RIM-850, ou Blackberry. Ele foi a terceira geração de um pager lançado pela empresa, e ganhou esse apelido porque as teclas na cor preta e bem separadas entre si tinham um formato que lembrava uma amora.

Um pager.

O primeiro BlackBerry ganhou o mercado corporativo e virou favorito no meio político por ter email, agenda de contatos e compromissos e portabilidade. Atualmente, a BlackBerry diminuiu a crise dos últimos anos, mas desistiu do sistema operacional próprio e lança smartphones com Android.

2. iBook

A Apple também tem produto na lista. O laptop iBook original é de 99 e focava num público de entrada ou mercados da área da educação. Os modelos eram bem coloridos no estilo do iMac e tinham um formato concha, mais curvo que o normal. O iBook tinha processador PowerPC G3, até 64 Mega de RAM e tela de 12" de 800 por 600 pixels.

um computador.

A grande contribuição histórica dele ser um dos primeiros produtos pro consumidor com uma conexão WiFi, chamado de AirPort no caso da Apple. A família durou até 2006, quando foi substituída pelos MacBooks, que tão aí até hoje.

3. AIBO

Um robô.

O cachorro robô da Sony foi uma revolução quando foi apresentado em maio de 99. Ele era o melhor do amigo do homem em versão artificial, andava como um cachorro, se parecia com um e até o nome dele significa “companheiro” em japonês. A primeira edição do AIBO era limitadíssima e esgotou em menos de meia hora, mas vários outros modelos foram lançados ao longo dos anos. Em 2018, a Sony reviveu a família de robôs com um novo AIBO bem mais evoluído, mas ainda com um preço bem salgado.

4. Emojis

Muita gente hoje em dia não sabe expressar emoções na internet sem eles, mas os emojis são mais velhos do que você imagina. A primeira dessas carinhas virtuais foi criada no Japão por Shigetaka Kurita, um funcionário da operadora NTT DoCoMo.

Emojis

Ele se inspirou em sinais usados na previsão do tempo, em placas de trânsito e expressões comuns entre as pessoas ao seu redor. O primeiro pacote de emojis tinha 176 ilustrações, quase nenhuma se parecendo com um rosto de verdade, mas já com vários que usamos até hoje. Cada operadora foi criando o próprio estilo, até que em 2010 o Unicode começou a sugerir um padrão visual de significados.

5. Pendrives USB

Você ainda usa pendrives USB, que salvam vidas na transferência e no armazenamento de arquivos? Essa tecnologia, que são flashdrives no original em inglês, teve a primeira patente publicada em 1999. A responsável foi a companhia israelense M-Systems, enquanto um funcionário da IBM insiste que ele foi o responsável pela criação do acessório ainda naquele ano.

Um pendrive.

O fato é que os primeiros modelos na verdade só saíram no ano seguinte: o ThumbDrive, da empresa Trek 2000 e o DiskOnKey, da própria IBM em parceria com a M-Systems.

6. Bluetooth

Uma logo.

A tecnologia que permite a você parear dispositivos entre si, como controles e consoles ou celulares e fones de ouvido, também já é bem antiga. O primeiro padrão de uso do Bluetooth 1.0 foi lançado em 1999 com os protocolos de conexão de baixo custo de energia e foi adotado rapidinho por várias fabricantes diferentes. Aliás, o nome, que foi escolhido no ano anterior, remete ao rei Harald Gormsson, que tinha realmente um dente da cor azulada, e unificou Noruega e Dinamarca assim como Nokia, Ericsson e Intel queriam unir os eletrônicos.

7. Alibaba

Uma pessoa.

Hoje em dia, você conhece o Aliexpress como um site chinês gigante de compra e venda de objetos que comercializa de tudo a preços camaradas e com entregas meio demoradas. Mas a história da empresa, a Alibaba, começou há 20 anos. A fundação foi empreendedor e ex-professor de inglês Jack Ma, junto com 18 funcionários que se reuniam num pequeno apartamento. No primeiro ano de vida, o Alibaba já recebeu um financiamento de 5 milhões de dólares e lançou dois sites: o Alibaba e o 1688, lojas virtuais pra dentro e fora da China. Hoje, Jack é um dos homens mais ricos do país e deixou um legado impressionante.

8. Napster

Uma logo.

Se você algum dia já baixou músicas na internet, a culpa é do Napster. Isso porque ele foi um dos primeiros softwares de troca de arquivos MP3 pelo método p2p. Foi ele que começou toda a discussão sobre pirataria e direitos autorais na internet, especialmente após processos da banda Metallica e do rapper Dr. Dre. Depois dele, vários softwares parecidos nasceram, como o Kazaa e o LimeWire, além dos legalizados muitos anos depois, como Deezer, Spotify e Apple Music. O cofundador Shawn Fanning virou investidor de startups, enquanto o sócio Sean Parker é menos discreto, foi executivo do Facebook, foi interpretado no cinema por Justin Timberlake e hoje faz investimentos e filantropia.

9. Blogger

Uma logo.

O serviço Blogger, criado pela Pyra Labs e depois comprado pela Google, também nasceu em 1999. Essa foi a primeira plataforma de conteúdo de muita gente, que tem saudades da terminação blogspot.com daquela época de ouro da internet. Ele sempre foi mais simplificado que o Wordpress e tem todas as funções gratuitas, e até por isso preferido por muita gente. Em 2006, foi totalmente redesenhado e existe até hoje, mesmo com a concorrência bem maior.

10. Pentium III

Um processador.

A Intel também tem que comemorar. Em fevereiro de 99, saía a geração Pentium 3 de processadores, um ganho considerável em relação aos modelos passados. Ele foi por bastante tempo o carro chefe da empresa pra tarefas como renderização 3D e consumo multimídia, e teve inúmeras variações nas especificações técnicas. Ele foi aposentado em 2003.

11. Athlon

Um chip.

Do lado da concorrente AMD, também teve lançamento de impacto. Em junho, saiu o primeiro processador da família Athlon, um dos nomes mais significativos da marca. Esse foi o primeiro chip x86 de sétima geração e gerou uma linha inteira que durou vários anos, incluindo a Athlon XP. O Athlon clássico tinha a partir de 500 MHz, sendo 10% mais rápido que o Pentium 3, e acirrou a briga no mercado.

12. GeForce

Uma placa.

O nome GeForce significa muita coisa hoje no mercado de placas de vídeo, e 20 anos atrás marca a estreia dessa primeira série de GPUs. O primeiro modelo lançado pela NVIDIA foi a GeForce 256, com melhor desempenho pra gráficos 3D e em busca do realismo em iluminação e tecturas. Concentrar várias tarefas realizadas em uma única unidade de processamento também foi algo inédito na época.

Menções honrosas

E a gente tem algumas coisas que não podiam ficar de fora! A primeira é o lançamento do filme Matrix, estrelado por Keanu Reeves, Carrie-Anne , Hugo Weaving e Laurence Fishburne. Ele revolucionou a forma com que a gente pensa a inteligência artificial e até aumentou as teorias conspiratórias de que, na verdade, a gente pode estar vivendo em uma simulação.

Um pôster.

Em games, a gente pode citar os portáteis Wonderswan, da Bandai, e o Neo Geo Pocket Color, da SNK, além do Game Boy Light.

Um console.O Neo Geo Pocket Color.

O Voxel vai fazer uma lista sobre jogos que completam 20 aninhos de vida em 1999 em breve, então fica ligado. Tem muito clássico que você não faz ideia que já tem tanta idade assim.

...

E aí, qual tecnologia que faz 20 anos agora em 2019 é a sua favorita? Tem alguma que você jurava que era mais nova ou mais velha? Ficou faltando alguma coisa na lista? Deixa o seu comentário, se inscreva no canal do TecMundo pra mais vídeos, toca no sininho e até a próxima!

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
12 tecnologias que fazem 20 anos em 2019 [vídeo]