Colin Kroll, cocriador do app Vine e do gameshow HQ Trivia Show, foi encontrado morto neste domingo, em seu apartamento, em Lower Manhattan, Nova York. Segundo a polícia, ele foi encontrado com vestígios de overdose de drogas.

De acordo com os oficiais, seu corpo foi encontrado na cama, de bruços, e no local havia substâncias que aparentavam ser cocaína e heroína. Eles foram ao local depois que uma mulher ligou para o 911 e pediu para que eles checassem as condições de Kroll. Ainda não dá para saber qual era a conexão dela com o executivo e a as autoridades adiantaram que o estado de saúde dele a deixaram preocupada nas últimas semanas.

Kroll morreu aos 34 anos e seu pai disse ao The New York Times que seu filho havia parado de beber recentemente e que ele não era viciado, embora ingerisse entorpecentes de forma “recreativa”. “Ele tinha tanto talento e conquistou tanto em uma idade tão jovem. É verdadeiramente um desperdício. Aos 34 anos, imagine as coisas que ele fez e as habilidades que ele tinha. Teria sido muito divertido vê-lo aos 50 anos”, lamentou Alan Kroll.

“Ele trabalhava arduamente, por muitas horas. Acho que a cidade de Nova York foi um pouco demais para ele”, disse Alan, que planejava se mudar para perto do filho após sua visita a Michigan, para passar as festas de final de ano, na próxima semana. “Você precisa fazer concessões para ter uma vida disciplinada por lá e isso pode levá-lo a exagerar nas drogas e ter uma overdose.”

A equipe do HQ Trivia se manifestou sobre a morte de seu CEO. “Ficamos sabendo hoje (16) sobre o falecimento de nosso amigo e fundador, Colin Kroll, e é com profunda tristeza que nos despedimos. Nossos sentimentos vão para sua família, amigos e entes queridos durante esse período incrivelmente difícil.”

O amigo Rus Yusupov, que esteve ao seu lado na criação do app Vine (que foi comprado pelo Twitter em 2012 e descontinuado no ano passado), também usou o microblog para falar a respeito. “Tão triste ouvir sobre o falecimento do meu amigo e cofundador Colin Kroll. Meus sentimentos e orações vão para os seus entes queridos. Sempre me lembrarei dele por sua amável alma e grande coração. Ele fez do mundo e da internet um lugar melhor. Descanse em paz irmão.”