O LARA, Latin America Research Awards, é um projeto da Google criado em 2012, para apoiar projetos de pesquisa acadêmica com foco na resolução de problemas do cotidiano.

A edição de 2018 foi realizada no Centro de Engenharia para a América Latina, em Belo Horizonte. Ao todo, 26 projetos receberão a bolsa de pesquisa para os próximos 12 meses, dos quais 17 são do Brasil, 5 são da Colômbia, 2 da Argentina, 1 do México e 1 do Peru, somando, aproximadamente, 2 milhões de Reais em investimentos.

Veja, abaixo, a relação dos vencedores do LARA 2018 (país, professor e aluno, respectivamente);

Vencedores do LARA 2018:

1. México

  • Édgar Emmanuel Vallejo Clemente e Kevin Islas Abu.

2. Peru

  • Mirko Zimic Peralta e Jorge Coronel Herrera.

3. Argentina

  • Luciana Ferrer e Jazmín Vidal Domínguez;
  • Juan Pablo Galeotti e Ivan Arcushin: Evolutiz.

4. Colômbia

  • Sixto Campana Bastidas e Edna Rocio Bernal Monroy;
  • Eduardo Francisco Caicedo Bravo e Andrés Alejandro Díaz Toro;
  • Luis Felipe Giraldo Trujillo e Gilberto Jose Diaz Garcia;
  • Mario Linares-Vásquez e Camilo Escobar-Velásquez;
  • Winston Spencer Percybrooks Bolivar e Pedro Juan Narvaez Rosado.

5. Brasil

  • Fernando Magno Quintão Pereira e Junio Cezar Ribeiro da Silva;
  • Nélio Alessandro Azevedo Cacho e Adelson Dias de Araújo Júnior;
  • Leonardo Barbosa e Oliveira e Antonio Lemos Maia Neto;
  • Sandra Eliza Fontes de Avila e Alceu Emanuel Bissoto;
  • Marcus Rolf Peter Ritt e Alex Zoch Gliesch;
  • Anderson de Rezende Rocha e Antônio Carlos Theóphilo Costa Júnior;
  • Rodrigo Coelho Barros e Jônatas Wehrmann;
  • Renata Vieira e Henrique Dias Pereira dos Santos;
  • Paulo Roberto Ferreira Júnior e William Dalmorra de Souza;
  • Wagner Meira Júnior e Manoel Horta Ribeiro;
  • Carlos Hitoshi Morimoto e Candy Veronica Tenorio Gonzales;
  • Fabrício Bevenuto de Souza e Júlio Cesar Soares dos Reis;
  • Jorge Arigony Neto e Guilherme Tomaschewski Netto;
  • Denis Deratani Mauá e Heitor Reis Ribeiro;
  • Teodiano Freire Bastos Filhoe e Alexandre Luís Cardoso Bissoli;
  • Estevam Rafael Hruschka Junior e Antonio Carlos Falcão Petri;
  • Renato Antonio Krohling e José Guilherme Mota Esgario.

A Google ressalta a importância de financiar pesquisas que visam melhorar a vida das pessoas em situações comuns, como auxiliar portadores de deficiências ou agilizar o diagnóstico de doenças. A companhia também lembrou que sua primeira aquisição fora dos EUA foi a empresa Akwan, em 2005, que nasceu como um projeto de pesquisa desenvolvido na UFMG.

Cupons de desconto TecMundo: