Negando boatos, Intel afirma que não vai parar de produzir chips de 10 nm

1 min de leitura
Imagem de: Negando boatos, Intel afirma que não vai parar de produzir chips de 10 nm
Avatar do autor

A produção de chips com tecnologia de 10 nm pela Intel já está bastante atrasada, visto que o plano inicial era que fossem lançados ainda em 2016. Com isso, um rumor espalhado durante o dia de hoje (22) afirmava que a empresa estava cancelando seu projeto de desenvolver esse tipo de processador, mais especificamente a família Cannon Lake.

Para desmentir os boatos, a Intel veio a público por meio do Twitter afirmar que o desenvolvimento dos chips de 10 nm está tendo um bom progresso e que não abriram mão de lançá-los no mercado como os rumores disseram.

“Reportagens da mídia publicadas hoje dizendo que a Intel está encerrando o trabalho no processo de 10 nm são falsas. Estamos fazendo um bom progresso em 10 nm. Os rendimentos estão melhorando de forma consistente com o cronograma que compartilhamos durante nosso último relatório de ganhos”.

Problemas com a Apple

Os maiores problemas que a Intel teve com esse atraso foram com a Apple, que usa seus processadores em computadores desktop e notebook, mas que devem abandonar a parceria – passando a usar chips de fabricação própria – nos modelos que serão lançados a partir de 2020 ou 2021. Com isso, a empresa de Cupertino pretende depender menos de terceiros para evitar atrasos em lançamento e atualizações de seus produtos.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Negando boatos, Intel afirma que não vai parar de produzir chips de 10 nm