Google escapa de processo de US$ 1,3 bilhão no Reino Unido

1 min de leitura
Imagem de: Google escapa de processo de US$ 1,3 bilhão no Reino Unido
Fonte: imore
Avatar do autor

Ao passo que a Google vem sendo criticada pela brecha de segurança do Google+ que permitia a coleta de dados de usuários indiscriminadamente por terceiros, a empresa acaba de escapar de um processo no Reino Unido que a acusava a fazer justamente isso com usuários do Safari do iOS.

Uma ação coletiva movida por um grupo de 20 mil usuários de iPhones acusava a Google de ter encontrado uma forma de rastrear suas atividades na web sem autorização por meio de um bug do Safari. A empresa teria driblado o pedido de não rastreamento do navegador, tendo então desrespeitado o pedido de privacidade de seus usuários.

Um tribunal em Londres, entretanto, não quis levar o pedido adiante por conta do valor que a acusação desejava receber como indenização: US$ 1,3 bilhão. O valor foi considerado abusivo e, mesmo reconhecendo que a empresa agiu errado, o tribunal não aceitou a queixa.

Caso o grupo vencesse, cada indivíduo um seria premiado com US$ 2,15 milhões

Antes de ser analisado pelo tribunal, o pedido original do grupo de usuários autointitulado "Google You Owe Us" (Google, você nos deve), trazia a incrível cifra de US$ 4,3 bilhões. Caso o grupo vencesse, cada indivíduo um seria premiado com US$ 2,15 milhões. Será que a Google conseguiu ganhar pelo menos parte disso entregando anúncios para essas pessoas?

“A corte aceitou o fato de que as pessoas não deram permissão nesse caso, e ainda assim bateu a porta na nossa cara quando deixou a Google escapar”, escreveu Richard Lloyd, um dos usuários que acusava a empresa no Reino Unido.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Google escapa de processo de US$ 1,3 bilhão no Reino Unido