Para satisfazer a demanda dos carros elétricos da Tesla e acompanhar o nível da fabricação dos veículos, a Panasonic planeja instalar três linhas de produção adicionais até o final de 2018  em Reno, Nevada e Gigafactory , de maneira a contribuir com o aumento da confecção de células de bateria.

De acordo com informações, a Panasonic, única fornecedora de baterias da Tesla, acredita que isso pode ser alcançado por meio de uma combinação de 105 GWh de células de bateria e 150 GWh de baterias dentro da mesma estrutura, tudo para ajudar a eliminar esse gargalo na fabricação do Modelo 3, uma vez que a Tesla conseguiu resolver seus próprios problemas de produção.

Em entrevista, o chefe do setor automotivo da Panasonic, Yoshio Ito, afirmou que eles estão agora adiantados, mas não especificou uma data exata: “O gargalo para a produção do Modelo 3 tem sido nossas baterias. Eles só querem que façamos o maior número possível”.

A Panasonic fabrica células personalizadas de 18650 li-ion, no Japão, para os veículos Modelo S e Modelo X da Tesla. As células do Modelo 3 são 2170 li-ion customizadas codesenvolvidas com a Tesla e produzidas pela Panasonic na Gigafactory 1. Entretanto, no início deste ano, a gigante japonesa admitiu que a fabricação do Model 3 está criando uma “escassez ocasional de células de bateria” e afirmou estar aberta para aumentar o investimento na fábrica.