Linux implementa código de conduta para seus programadores

1 min de leitura
Imagem de: Linux implementa código de conduta para seus programadores
Avatar do autor

Linus Torvalds (criador e desenvolvedor do Linux), conhecido por declarações apimentadas e temperamento explosivo, decidiu se afastar do ambiente de desenvolvimento para tirar um tempo para si. Segundo o comunicado, "para receber auxílio em entender emoções alheias e como correspondê-las". Logo antes de ter divulgado esse email, foi disponibilizado o novo código de conduta, assinado por Greg Kroah, que assumiu o papel de Linus temporariamente.

É de bom tom qualquer iniciativa que vise a um ambiente de trabalho ou colaboração mais humanizado. O novo código é bem direto: tenta tornar o ambiente mais amigável e receptivo. Um dos trechos diz: "No interesse de fomentar um ambiente aberto e receptivo, nós colaboradores estamos trabalhando para tornar nossa comunidade livre de perseguições, independente de idade, estatura, deficiência, etnia, características sexuais, identidade de gênero, nível de experiência, escolaridade, situação socioeconômica, nacionalidade, aparência, raça, religião, identidade e orientação sexual".

O código é baseado no Contributor Covenant, um documento open-source já usado por outras plataformas de criação.

Não muito contentes, os programadores comentaram nas redes sociais sobre a chegada do código. Muitos alegam que ele representa a chegada de Social Justice Warriors no controle da comunidade Linux. Dizem também que o documento é composto por regras já praticadas pela comunidade e que a regulamentação é desnecessária.

Coraline Ada Ehmke, criadora do código original, publicou no Twitter que a comunidade está raivosa contra ela, embora não tenha sido a responsável pela aplicação no Linux.

Tudo isso evidencia que os líderes da comunidade estão tentando torná-la mais receptiva e preparada para crescimento. O código não é perfeito, mas funciona como uma forma de trazer o assunto à tona.

E você? O que acha dessas novas medidas?

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Linux implementa código de conduta para seus programadores