Jeff Bezos é um dos homens mais poderosos do mundo tanto por ser CEO da Amazon quanto por ser a pessoa mais rica do planeta. E para seguir o exemplo de outros grandes nomes da tecnologia que aplicam suas fortunas em obras de caridade, como Bill Gates e outros, Bezos vem buscando maneiras de praticar filantropia e dar vazão ao dinheiro que acumula para fazer algum bem aos mais necessitados.

O mais importante entre eles vai ser a verdadeira e intensa obsessão de cliente. A criança será o cliente

Sua primeira ideia, conforme ficou claro por meio de uma postagem em seu Twitter oficial, é a criação de uma rede de pré-escolas sem fins lucrativos com unidades em áreas próximas a comunidades carentes que aceite alunos sem a cobrança de mensalidade. Bezos quer controlar diretamente o funcionamento das escolas, segundo ele, da maneira que gerencia a Amazon.

Para o milionário, as escolas devem adotar os princípios da Amazon: “O mais importante entre eles vai ser a verdadeira e intensa obsessão de cliente”, escreve Bezos. “A criança será o cliente”. O CEO da Amazon também tem planos para criar organizações sem fins lucrativos para ajudar pessoas desabrigadas a conseguir casa e comida. Tudo isso vai fazer parte do que vem sendo chamado de  Bezos Day One Fund, que já conta com uma quantia de US$ 2 bilhões, ou R$ 8,37 bilhões.