Manifestação nas obras do Campus Google em Berlim gera confronto e presos

1 min de leitura
Imagem de: Manifestação nas obras do Campus Google em Berlim gera confronto e presos
Avatar do autor

No último dia sete de setembro, manifestantes do grupo Ocuppy invadiram e ocuparam o canteiro de obras do Campus Google, em Berlim, Alemanha, protestando contra a instalação da empresa no local. Houve confronto com a polícia e segundo informações locais, pelo menos seis pessoas foram presas.

Com o projeto do campus Google em Berlim avançando os protestos também ampliaram. Desde o início do projeto, em 2017, houveram diversos protestos da comunidade sobre os planos da gigante tecnológica em abrir um empreendimento na cidade.

A utilização do prédio icônico de Umspannwerk, localizado no distrito de Kreuzberg gerou uma grande revolta dos moradores locais, por considerarem a vinda da companhia terá um efeito mais negativo do que positivo a região. O primeiro indício é o preço dos aluguéis, que já subiram substancialmente.

A tensão ficou ainda maior com a ocupação da construção. O Início foi às 15:00 do horário local, a polícia agiu rapidamente para desfazer a manifestação, usando inclusive de força física. Pelo menos um manifestante ficou gravemente ferido devido ao embate.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Manifestação nas obras do Campus Google em Berlim gera confronto e presos