Apple Music lança uma série de 116 playlists das “100 mais tocadas”

1 min de leitura
Imagem de: Apple Music lança uma série de 116 playlists das “100 mais tocadas”
Avatar do autor

Apple Music está lançando uma nova série de playlists que apresentará as 100 melhores músicas em todo o mundo (playlist global) e dos países onde o serviço está disponível (115 países). Os usuários poderão adicionar a lista top 100 de seu país ou a lista top 100 global à sua biblioteca, para que possam ouvir a qualquer momento, online ou offline. Em alguns países, será possível acessar todas as 116 listas de reprodução, mas essa disponibilidade deve variar.

Quem testou a funcionalidade pela primeira vez foi a Revista Rolling Stone, que teve acesso à atualização do app com antecedência. As listas serão atualizadas diariamente, ao meio-dia (PST, horário padrão do Pacífico).

A Rolling Stone indica que o lançamento dessas listas de reprodução se deve à crescente importância dos números de streaming. Os artistas e seus produtores, bem como as gravadoras e os caçadores de talentos, tendem a considerar os mais tocados via streaming na busca de novos talentos. E também a indústria musical se adaptou mais ao streaming pago do que ao gratuito.

Tendo a Apple Music, agora com 50 milhões de assinantes pagos em todo o mundo, superado o Spotify nos EUA, torna-se importante, para o mercado, saber quem está liderando as paradas de sucesso. No cenário mundial, o Spotify ainda está à frente, com 83 milhões de usuários pagos.

Um ponto a ser destacado é que as novas listas de reprodução das 100 mais tocadas não substituirão a playlist das 200 principais músicas que já existe hoje.

As listas de reprodução são um importante campo de batalha entre os principais serviços de streaming. Antes das “top 100”, a Apple Music já oferecia aos usuários as playlists Favoritos, Novas Faixas, Coleção Fria e está lançando a Coleção de Amigos no iOS 12.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Apple Music lança uma série de 116 playlists das “100 mais tocadas”