Microsoft revolucionou o conceito de computador pessoal e profissional desktop com o lançamento do Surface Studio em 2016. De lá para cá, ninguém conseguiu chegar perto do que a empresa de Bill Gates criou, o que tem deixado os fãs da Apple na expectativa. Será que a Maçã um dia vai lançar um aparelho similar de alguma forma à essa criação da Microsoft? Será que teremos um “Mac Studio” ou um “iMac Touch”?

O designer Antonio de Rosa, cansado de apenas imaginar como seria um computador como esse, resolveu dar vida a um conceito que misturaria as ideias do hardware da Microsoft com o SO da Apple.

Nasceu então o “Mac Touch”, uma espécie de iMac que imita quase que inteiramente a forma como funciona o Surface Studio. O computador em si tem um formato muito similar ao produto da Microsoft, mas a suporte que conecta a base à tela seria um tanto mais versátil. Rosa criou até mesmo uma versão do Surface Dial para esse Mac Touch, o qual também poderia funcionar como mouse sobre uma mesa.

O designer também imaginou um Apple Pencil para o dispositivo, tal qual a Surface Pen da Microsoft, e um teclado muito interessante. Na verdade, esse periférico seria nada mais que uma segunda tela sensível ao toque que poderia ser utilizada como teclado quando necessário. Em outros momentos, ela poderia ser uma Touch Bar.

Quando eu posso ter um desses?

Em poucas palavras: provavelmente nuca. A Apple é extremamente avessa à ideia de computadores desktop ou mesmo notebooks com telas sensíveis ao toque, o que torna essa ideia de um “Surface Studio da Maçã” algo muito pouco provável de acontecer.

Se você perguntar sobre essa possibilidade para os executivos da Apple, eles provavelmente vão apontar para o iPad Pro como alternativa, dizendo que esse tipo de interação não é realmente adequada para computadores comuns, como já foi caso e algumas oportunidades com jornalistas e representantes da empresa de Tim Cook.

Antonio de Rosa

Por enquanto, só o Surface Studio da Microsoft está nessa sua categoria. O preço dele, contudo, é bem salgado, saindo por US$ 3 mil (R$ 12,3 mil desconsiderando impostos) nos EUA com processadores Intel Core i5 e i7 de sexta geração. A Microsoft ainda não atualizou os chips desses aparelhos, mas eles ainda são soluções poderosas mesmo para 2018. Nenhum produto Surface é vendido oficialmente no Brasil.

Cupons de desconto TecMundo: